01/06/20
25º/14ºLONDRINA
Em Santa Catarina

Polícia desmonta fábrica de Ferrari e Lamborghini falsas

Divulgação/PC de Santa Catarina
Divulgação/PC de Santa Catarina

A Polícia Civil de Santa Catarina fechou na segunda-feira (15) uma fábrica clandestina de Itajaí-SC, município localizado a 94 km de Florianópolis, que montava veículos falsificados das marcas Ferrari e Lamborghini por encomenda. Agentes apreenderam oito réplicas semimontadas que seriam vendidas por até 250 mil. Os modelos originais são comercializados por valores entre R$ 1,5 milhão e R$ 3 milhões, indicou a Polícia Civil.

A ação foi conduzida pelo Setor de Investigações Criminais da 1ª Delegacia de Itajaí e apreendeu ainda chassis, moldes, ferramentas e fibras utilizados na fabricação das falsificações dos veículos esportivos. A venda dos carros era divulgada pelas redes sociais.

Divulgação/PC de Santa Catarina
Divulgação/PC de Santa Catarina


As investigações tiveram início após representantes das marcas italianas entrarem em contato com a Polícia Civil de Santa Catarina. Os investigados são considerados como os principais falsificadores das marcas no Brasil e comercializavam veículos para todo o País, indicou a polícia.

De acordo com a Polícia Civil, os donos do local, pai e filho, serão indiciados por crimes contra a propriedade industrial.
Agência Estado
Continue lendo
Mercado concorrido
Duster e C4 Cactus tentam brigar entre os SUVs com preços mais baixos
01/06/2020 11:43
Efeito delivery
Procura por motos de baixa cilindrada cresce na pandemia
01/06/2020 09:52
Opção de entrada
Volkswagen lança Nivus como aposta para o segmento de SUVs compactos
29/05/2020 09:50
Confira a lista
7 dicas para cuidar de um carro que fica parado por muito tempo
28/05/2020 11:38
Acidentes no trânsito
DPVAT registra mais de 112 mil indenizações pagas de janeiro a abril
28/05/2020 11:24
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados