Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Leia declaração

Emilia Clarke defende 'Game of Thrones' em críticas sobre sexismo

Redação Bonde
29 mar 2016 às 17:16
Continua depois da publicidade

Que o Game of Thrones pode ser cruel, a maioria já sabe. Durante cinco livros e cinco temporadas, George R.R. Martin e os roteiristas da série provaram o tom forte da trama, disposta a matar qualquer personagem principal, a qualquer momento, sem dó nem piedade.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Entretanto, GoT também recebeu sua cota de críticas por ser sexista, principalmente pelos eventos da última temporada, que incluiu uma controversa cena de estupro envolvendo Sansa Stark (Sophie Turner).


Diante dessa situação, a intérprete de uma das principais personagens femininas da série, Emilia Clarke - sim, a Mãe dos Dragões, Daenerys Targaryen - saiu em defesa do programa da HBO. Em entrevista ao Entertainment Weekly, a atriz disse que, na verdade, quem diz que Game of Thrones tem uma pegada anti-feminista, está vendo tudo fora de contexto.


"Há tanta controvérsia. E, ainda, esta é a beleza de Game of Thrones - é a representação da mulher em estágios tão diferentes de desenvolvimento. Há mulheres que são mostradas como objetos sexuais, mulheres que não tem direito algum, mulheres que são rainhas de apenas um homem, e há mulheres que são, literalmente, indomáveis e tão poderosas quanto você pode imaginar. Então, dói ouvir pessoas falando de Thrones fora de contexto com um viés anti-feminista - você não pode falar isso sobre essa série. Ela mostra uma gama muito grande do que acontece com mulheres e, no fim das contas, mostrar que as mulheres não são somente iguais, mas têm muita força", explicou.


Nesta sexta temporada, a Mãe dos Dragões vai ter que enfrentar o seu maior desafio desde o início da série, quando se verá no meio de uma horda de Dothrakis, após ter voado em um de seus dragões, Drogon.

Continua depois da publicidade


Ainda falando com o EW, Clarke e as demais intérpretes de mulheres poderosas da série elegeram qual das damas elas mais gostariam de ver assumindo o Trono de Ferro. Entre Daenerys, Cersei (Lena Headey), Brienne (Gwendoline Christie), Arya (Maisie Williams), Sansa e Margaery (Natalie Dormer), a mais votada foi Arya.


Clarke já havia se envolvido em uma polêmica no Instagram, quando negou ser avessa a cenas de sexo em GoT, após ter sido citada de forma errada por um veículo.


Game of Thrones volta à HBO no dia 24 de abril. Emilia Clarke poderá ser vista também nas telonas no romance Como Eu Era Antes de Você, que estreia dia 16 de junho.

(com informações dos ite Adoro Cinema)


Compartilhar nas redes:

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade