Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Destaque

Paranaense trabalha no novo filme de Daniel Filho

Redação Bonde
09 jun 2009 às 08:49
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O cineasta paranaense Gil Baroni, supervisor do Curso de Cinema Digital do Centro Europeu de Curitiba, único do gênero no estado, é o responsável pela produção e direção do making of do novo longa-metragem de Daniel Filho, Tempos de Paz, que tem estreia prevista para o próximo dia 24 de junho.

Natural da cidade de Guarapuava, interior do Paraná, Gil Baroni vem se destacando há vários anos no mercado cinematográfico paranaense. No ano passado, dois filmes produzidos pela produtora de Baroni, a WG7BR, em parceria com o Centro Europeu foram premiados em festivais de destaque.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


No Festival do Paraná de Cinema Brasileiro e Latino, o filme 'Mistéryos' levou o prêmio de melhor direção; e no Festival de Cinema da Lapa, 'Hóspede Secreto' foi eleito, pelo júri popular, como o melhor curta-metragem da mostra, enquanto Mistéryos recebeu o prêmio de melhor maquiagem na categoria filmes de época.

Leia mais:

Imagem de destaque
Discussão!

Ex-CQC chama Danilo Gentili de 'covarde' e 'galinha frouxa'

Imagem de destaque
Polêmica

Abusos sexuais de Harvey Weinstein eram permitidos por seu contrato

Imagem de destaque
Pennywise

Conheça Bill Skarsgård, o ator por trás do assustador palhaço de 'It'

Imagem de destaque
Veja qual categoria

'Bingo - O Rei das Manhãs' representará o Brasil no Oscar

No making of de 'Tempos de Paz', que será incluído nos extras do DVD, o paranaense mescla imagens das gravações do filme com entrevistas especiais com o elenco, que conta com nomes como Dan Stulbach e Tony Ramos, e, também, com cenas de descontração da equipe nos bastidores das filmagens. "Produzir este making of foi uma experiência maravilhosa. Durante os 10 dias de gravação tive a oportunidade de conviver com o Daniel Filho, um mito da indústria audiovisual. Ele ensaia, ensaia, ensaia várias vezes uma cena, mas na hora de rodar é take único. Algo inacreditável", conta Gil Baroni.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade