Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Até final de agosto

Renda do cinema superou 2011, mas público teve leve queda

Agência Brasil
02 out 2012 às 08:07
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Dados oficiais da Agência Nacional de Cinema (Ancine), divulgados na segunda (1), indicaram queda de público no cinema brasileiro nas primeiras 34 semanas deste ano. Em 2012, o público foi 97,36 milhões de espectadores, com renda de R$ 1,076 bilhão. Em 2011, o número de pessoas que foram aos cinemas foi 97,95 milhões e a renda foi R$ 1 bilhão em igual período.

O período teve amplo domínio de filmes estrangeiros, que tiveram 93,9% do público e 94,4% da renda. Os resultados em 2011 foram melhores para o cinema nacional, com 85,9% do público e 87,4% da renda ficando com filmes estrangeiros.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Entre 2011 e 2012, a variação do cinema nacional indicou uma queda de 56,8% no público e de 52% de renda. Entre os filmes estrangeiros houve aumento de 8,6% para público e 16,2% na renda. A variação somada entre nacionais e estrangeiros foi queda de 0,6% no público e aumento de 7,6% de renda.

Leia mais:

Imagem de destaque
Discussão!

Ex-CQC chama Danilo Gentili de 'covarde' e 'galinha frouxa'

Imagem de destaque
Polêmica

Abusos sexuais de Harvey Weinstein eram permitidos por seu contrato

Imagem de destaque
Pennywise

Conheça Bill Skarsgård, o ator por trás do assustador palhaço de 'It'

Imagem de destaque
Veja qual categoria

'Bingo - O Rei das Manhãs' representará o Brasil no Oscar


Os resultados, semana a semana, indicam um mês de agosto mais fraco em 2012, com pouca variação na distribuição entre filmes estrangeiros e filmes nacionais.

Publicidade


Na semana 33, de 17 a 23 de agosto, o público medido foi 1,98 milhão de espectadores, sendo 7,4% em filmes brasileiros e 92,6% em estrangeiros. A renda chegou a R$ 21,53 milhões, sendo que 6,7% entre as produções nacionais e 93,3% entre os internacionais. Foram 103 longas exibidos, dos quais 27 nacionais e 76 internacionais. Houve uma média de 24 salas por título entre os filmes brasileiros e de 44 salas por título entre os internacionais.


Os filmes brasileiros mais vistos foram E Aí, Comeu?, À Beira do Caminho e Corações Sujos, com renda somada de R$ 1,3 milhões. Os principais filmes estrangeiros foram O Vingador do Futuro, Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge e Um Divã para Dois. Juntos tiveram cerca de R$ 12 milhões em renda. Em relação à mesma semana do ano passado a média de público nacional caiu 65,6% e a renda, 61,3%.


A última parcial divulgada, referente à semana 34 (24 a 30 de agosto), indicou público de 1,66 milhão de espectadores, com 8% em filmes nacionais e 91,1% em longas estrangeiros. A renda foi R$ 17,82 milhões, dos quais 7,9% brasileiros e 92,1% internacional. Na semana houve 115 títulos exibidos nas salas no país, sendo que 29 eram filmes nacionais e 86 internacionais. A média de salas por título, entre os filmes nacionais, foi 25, enquanto entre os internacionais teve 36 salas por título.

Os filmes nacionais mais vistos foram E Aí, Comeu?, O Diário de Tati e À Beira do Caminho, com renda somada de aproximadamente R$ 1 milhão. Os principais filmes foram O Vingador do Futuro, Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge e O Ditador. Juntos os três filmes tiveram cerca de R$ 9,6 milhões. Em relação à semana 34, no ano passado, a média de público para filmes internacionais diminuiu 53,7% e a renda 35,3%.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade