Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Vida real

Seriado da Record, 'A Lei e o Crime' vai virar filme

Agência Estado
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Na próxima semana, no dia 8, a série 'A Lei e o Crime' chega ao fim na Record. A segunda temporada foi adiada, mas a dupla formada pelo escritor Marcílio Moraes e o diretor Alexandre Avancini resolveu transformar o seriado policial em um longa. O cenário, segundo Avancini, terá o mesmo pano de fundo da TV: o típico morro, tramas de ação e um elenco parecido com o do seriado. O protagonista Nando, interpretado por Ângelo Paes Leme - que no seriado vive um ex-paraquedista que matou o sogro e foi perseguido pelo cunhado (um policial) - até agora, é o único ator confirmado pela direção para o projeto do longa.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A divulgação do filme, que será o pontapé da Record Filmes, ainda não tem uma data confirmada, já que nem a fase de captação tem previsão de início. Mesmo assim, Marcílio garante que o projeto vai ser levado adiante graças ao sucesso da emissora, principalmente no Rio de Janeiro, onde alcançou picos de 18 pontos.

Continua depois da publicidade


Mesmo empolgado para a possível segunda fase do seriado, o autor não esconde a decepção com a transferência de data do projeto - 'A Lei e o Crime' voltaria para a TV a partir de novembro, mas a emissora pediu para que o projeto ficasse fora do ar até março de 2010. 'O sucesso da série foi acima do esperado, nos empolgou demais. Mas o adiamento frustrou todo mundo. Desde os atores até o público, passando por mim."


Para o diretor Alexandre Avancini, uma das razões de a emissora ter adiado o seriado foi a preocupação com a perda de qualidade. "Uma sequência, quando é muito seguida, perde qualidade", diz ele. "Já num longa, a gente pode dar um tempo para o seriado e continuar o projeto." Ou seja, mesmo com o adiamento, a emissora não vai abrir mão da produção na TV. "A gente já tem um diferencial da Globo, que é a favela, agora é só bombar a história no cinema e depois voltar para a TV".


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade