Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

Stallone é apontado para concorrer ao Oscar de coadjuvante em 2016

- Divulgação
Redação Bonde
05 dez 2015 às 10:37
Publicidade
Publicidade

Após 39 anos sem nenhuma nomeação para o Oscar, Sylvester Stallone esta sendo apontado como um dos possíveis concorrentes à categoria de melhor ator coadjuvante no Oscar 2016. A edição deste sábado (5) da revista "Entertainment Weekly" apresenta Stallone, pelo filme "Creed - Nascido para Lutar", e outros nove atores como favoritos para a seleção dos cinco indicados ao prêmio.

No início desta semana a National Board of Review (NBR), associação de críticos estadunidenses, também elegeu Stallone como o melhor ator coadjuvante em 2015, por "Creed".

Publicidade
Publicidade


O filme está em cartaz desde o final de novembro nos EUA e será lançado em janeiro no Brasil. Na produção, Stallone encena pela sétima vez o lutador Rocky Balboa, passando seu legado ao ator Michael Jordan, que interpreta o filho do inimigo de Rocky, Apollo Creed. Dirigido por Ryan Coogle, o mesmo diretor de "Fruitvale Station – A Última Parada", 2013, o filme tem tido boas críticas e faturamento.

Leia mais:

Imagem de destaque
Atuou em ...E o Vento Levou"

Objetos pessoais de atriz arrecadam US$ 3 milhões em leilão

Imagem de destaque
Programe-se

Planetário de Londrina exibe sessões neste sábado

Imagem de destaque
Festival de Brasília

Documentário causa polêmica ao filmar tropa de choque

Imagem de destaque
Lei do Audiovisual

Whindersson Nunes fala sobre autorização para captar RS 7,5 milhões


Aos 69 anos, a última nomeação de Stallone ao Oscar foi em 1977, quando foi indicado ao prêmio de melhor ator e de melhor roteirista, no filme "Rocky, um Lutador". A produção recebeu dez indicações no total e levou as estatuetas de melhor filme, direção e edição.

Publicidade


As outras apostas da revista "Entertainment Weekly" são:


Tom Hardy, por "O Regresso"

Publicidade


Michael Keaton, por "Spotlight – Segredos Revelados"


Mark Ruffalo, por "Spotlight"

Publicidade


Benicio Del Toro, por "Sicario: Terra de Ninguém"


Idris Elba, por "Beasts of No Nation"

Publicidade


Mark Rylance, por "Ponte dos Espiões"


Kurt Russell, por "Os Oito Odiados"

Publicidade


Jacob Tremblay, por "O Quarto de Jack"


Christian Bale, por "A Grande Aposta"

(Com informações da Folha de São Paulo)


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade