Pesquisar

Canais

Serviços

Em "Vovô virou árvore", a criança aprende a lidar com a perda de um ente querido de forma delicada e sincera - Reprodução
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Aprendizado

Fábula retrata temas vida e morte para crianças

Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Falar de assuntos como a morte não é fácil, sobretudo para crianças. Mas o livro "Vovô virou árvore", de Regina Chamlian e Helena Alexandrino, lançamento de Edições SM, o faz de maneira delicada e sincera. A obra traz à tona a perda de um ente querido por meio de uma fábula, na qual os protagonistas pertencem a uma família de tartarugas.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

União, respeito e admiração são características presentes nesta história, em que o vovô saudosista mostra o que aprendeu na vida, compartilhando suas histórias com os netos, que as escutam atentamente. Albertina é a caçula da família. Ela demonstra um apego muito grande pela tartaruga anciã, sempre pedindo para o avô repetir o relato de suas proezas, principalmente aquela em que ele vence a corrida contra um coelho e a que mostra como conseguiu escapar dos caçadores.

Continua depois da publicidade


Mas o avô sofre um acidente e morre. Albertina busca então consolo ao pensar que ele agora se transformará em nuvem, chuva e árvore. "O vovô será devolvido à natureza", dizia sua avó. A superação acontece quando a pequena tartaruga assume o lugar do ancião, passando a contar história para as tartarugas menores embaixo de uma árvore, uma "árvore que era a cara do vovô".

Vovô virou árvore é parte da "Coleção Barco a Vapor, Série Branca" - indicada para o leitor iniciante, a partir dos 6 anos. Possui elementos de uma deliciosa fábula ao mesmo tempo em que explora a relação das crianças com os mais velhos, o processo de amadurecimento, a transmissão de conhecimento e a perda de entes queridos. Este é o trigésimo livro elaborado por Regina Chamlian e Helena Alexandrino, que ilustra a obra com paisagens bucólicas e graciosas.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade