Pesquisar

Canais

Serviços

Divulgação/ Istock
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Evite surpresas

Concursos Vunesp: conhecer o perfil da banca é essencial para ter mais chances de sucesso

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
01 jun 2021 às 16:34
Continua depois da publicidade

Quem é concurseiro de longa data sabe que conhecer a banca organizadora do concurso é uma boa forma de ficar um passo à frente dos concorrentes. É claro que é impossível saber com exatidão tudo que cairá na prova, mas as bancas costumam seguir um padrão em cada edição do concurso, possibilitando encontrar muitas semelhanças entre eles, e, dessa forma, saber o que o próximo reserva.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


A Vunesp (Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista) é responsável por alguns dos concursos mais concorridos de São Paulo, como Escrevente Técnico Judiciário, Oficial de Justiça e os da Polícia Civil. Os concurseiros experientes sabem muito bem que não são provas fáceis, mas, por incrível que pareça, a Vunesp costuma ter uma das bancas mais previsíveis de todas.

Continua depois da publicidade


Se comparada a outras bancas, a Vunesp é considerada uma das mais simples justamente pela sua experiência com vestibulares. As provas seguem o mesmo formato, com questões de múltipla escolha, uma estrutura bem tradicional que costuma ter respostas muito objetivas, então quem está familiarizado com o assunto geralmente não tem dificuldades. Porém isso também aumenta as possibilidades de encaixar pegadinhas nos enunciados e nas alternativas, o que também é bastante comum.


No caso desses concursos para cargos jurídicos e fiscais, a banca exige um conhecimento muito técnico do concurseiro. Nas questões de Direito, é comum que as leis que constam no edital sejam requisitadas na íntegra, então essas questões costumam ser ainda mais objetivas e exigem que os participantes saibam tudo de cor. Para cargos mais elevados, como juiz, promotor, auditor, entre outros, também é cobrado um conhecimento jurisprudencial e doutrinário mais profundo, então não basta apenas decorar as leis.

Continua depois da publicidade


Ainda seguindo os moldes de vestibulares, a primeira fase das provas geralmente é exclusivamente objetiva e sem redação, mas a segunda já foca nas questões dissertativas. A Vunesp não penaliza a nota final de acordo com o número de erros, o que é comum em outras bancas, então nesse caso também é permitido chutar as questões alternativas sem medo.

Para se preparar para os próximos concursos Vunesp, pode ser interessante pesquisar provas antigas e estudar a partir delas. Estudando a estrutura da prova, é possível identificar com mais facilidade as pegadinhas dos enunciados e até mesmo deduzir o que pode cair nos próximos concursos.


Continue lendo