10/08/20
28º/15ºLONDRINA
PUBLICIDADE
Saúde mental

Confira 7 dicas para lidar com o estresse causado pela pandemia de Covid-19

Os problemas de saúde mental estão aumentando e se agravado, segundo pesquisa da UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro). O levantamento aponta que os casos de depressão quase dobraram e os de estresse tiveram um aumento de 80%.

Reprodução/Engin Akyurt/Unsplash
Reprodução/Engin Akyurt/Unsplash


Diante desse cenário, Alexander Bez, psicólogo e escritor, fala a respeito do assunto e dá dicas de como lidar com o estresse nesse momento de pandemia.

"Na esfera psicológica, são apenas algumas psicopatologias, que levam as pessoas a ter desfechos negativamente definitivos. O estresse se configura como uma deles, e pode ser classificado como temporário, em função de se apresentar como uma resposta emocional a algum evento externo, como no caso dessa não bem-vinda pandemia”, explica o especialista.

Alexandre pontua que esse sintoma constante provoca manifestações negativas extremas, interferindo em todo o quadro orgânico-clínico do portador. As próprias manifestações do estresse associado à pandemia, estão ligadas às medidas do isolamento social, sendo esse, pontual, atendendo à uma especificidade momentânea.

"O estresse pandêmico é mais intenso do que outras manifestações ansiosas geradas por situações do dia a dia. Como não há previsão para que as coisas voltem a ser como eram de costume, esse tipo específico de resposta física acaba sendo mais assolador”, conclui o psicólogo.

Veja abaixo sete dicas do psicólogo para lidar com o estresse neste momento de pandemia:

• Entender da onde esse transtorno está surgindo

• Fazer a inferência correta (tratamentos de sessões de psicologia e/ou de psiquiatria). Quanto mais cedo for a intervenção médica-psicológica mais chances a pessoa tem de se recuperar.

• Compreender de que o momento em que estamos vivendo é passageiro.

• Reestruturar a coragem em ter os hábitos do dia a dia, como ir ao banco, mercado etc.

• Mantenha seus contatos diários, via rede social, com seus familiares e amigos, isso diminui a sensação de solidão.

• Não confundir isolamento social com distanciamento social, esse tem a finalidade em nos proteger, mediante todas as negatividades neuróticas e psicóticas anotadas no isolamento.

• Faça as atividades que realmente gosta, use também a criatividade em casa. Use seu tempo ocioso para realizar coisas que antes não tinha disponibilidade.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Conteúdo relacionado:
Tchau, problemas!
Veja dicas de chás para diminuir a ansiedade e aumentar a imunidade
Assista
Criança de 2 anos cai do 3º andar e é salva por vizinho idoso no Paraná
Tem que usar!
Usar máscara durante exercícios é essencial contra o contágio
Continue lendo
Entenda
Maioria dos sites de fake news se financia via Google Ads, diz pesquisa
07 AGO 2020 às 11h55
Home office
Dress code em casa: confira 3 peças confortáveis e estilosas para usar no trabalho remoto
07 AGO 2020 às 10h50
Dia dos Pais
Veja sugestões de presentes para diferentes tipos de pais
07 AGO 2020 às 09h22
Comemore... em casa!
Nesta sexta é o dia mundial da cerveja!
07 AGO 2020 às 08h34
Sem motivação
Confinamento deixa 75% dos alunos ansiosos, irritados ou tristes, diz pesquisa
07 AGO 2020 às 08h28
Valoriza as refeições
Cozinhar com as crianças fortalece os laços familiares
07 AGO 2020 às 08h02
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados