Pesquisar

Canais

Serviços

- Freepik
Mãe Dolorosa

Conheça a história de Nossa Senhora das Dores e seus sofrimentos

Heloisa Corso* - Estagiária
15 set 2021 às 16:15
Continua depois da publicidade

Símbolo de fé de muitos cristãos, nesta quarta-feira (15), é celebrado o dia de Nossa Senhora das Dores, a Mãe Dolorosa. A veneração à santa teve início no século XIII, pela Ordem dos Servos de Maria, homenageando as sete dores que a mãe de Cristo sentiu. 

Continua depois da publicidade


Na bíblia, os religiosos descrevem que a primeira dor da santíssima aconteceu quando Simeão profetizou que Cristo seria a salvação de muitos, mas também serviria para ruína de outros.

Continua depois da publicidade


A segunda dor relatada nos escritos foi quando o Rei Herodes tentou matar seu filho, logo após seu nascimento, e assim tiveram que fugir do Egito. A ordem era de acabar com a vida de todos os primogênitos. 


Em seguida, há a perda do menino Jesus, culpando-se por alguma negligência em seu papel de mãe. Durante uma viagem, Maria e José não perceberam que o menino havia ficado em Jerusalém em vez de retornar a Nazaré. O reencontro aconteceu apenas três dias depois. 

Continua depois da publicidade


A quarta dor é o encontro do filho com a santíssima no caminho da crucificação, momento em que percebe as crueldades que ele estava sofrendo. 


A quinta dor aconteceu aos pés da cruz. Nossa Senhora assistiu seu filho agoniar em dor por três horas, até a sua morte. 


A próxima descrita na bíblia é quando dois de seus discípulos, José e Nicodemos, tiram Jesus da cruz e o colocam no colo da mãe. 


A sétima e última dor acontece em sua última despedida a seu filho. Nesta passagem, a Mãe Dolorosa quis acompanhar os discípulos que levaram Jesus morto à sepultura, acomodando-o com as próprias mãos. 


Assim, em referência à história, Nossa Senhora das Dores é representada com um semblante de dor e sofrimento, tendo sete espadas ferindo seu imaculado coração. Uma das esculturas mais famosas, a Pietà, representa a mãe segurando Jesus morto nos braços, depois de seu corpo ser descido da Cruz


Oração a Nossa Senhora das Dores


Ó Deus, por Vosso admirável desígnio, dispusestes prolongar a Paixão do Vosso Filho, também nas infinitas cruzes da humanidade. Nós Vos pedimos: assim com quisestes que ao pé da cruz do Vosso Filho estivesse Sua Mãe, da mesma forma, à imitação da Virgem Maria, possamos estar sempre ao lado dos nossos irmãos que sofrem, levando amor e consolo. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.


*Com informações de Cruz Terra Santa, Canção Nova e Academia Marial

Continue lendo