Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Neurocientista explica

Cubo mágico no Palmeiras: descubra como o passatempo ajuda na cognição dos jogadores

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
13 jun 2022 às 17:55
- Reprodução
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Nas últimas semanas um hábito curioso nos vestiários do Palmeiras chamou a atenção da internet: o uso do cubo mágico. O hobby, aparentemente apenas uma diversão entre os jogadores, pode trazer inúmeros benefícios para o cérebro dos esportistas não só em campo.


De acordo com o neurocientista Fabiano de Abreu Agrela - cujo trabalho no staff do jogador Emerson Royal foi destaque no jornal “The Times” na Inglaterra - em entrevista ao LANCE!, o cubo mágico não é uma simples brincadeira, ele estimula a lógica, o foco, tomada de decisões e criatividade, habilidades cruciais para o futebol.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


“O cubo mágico serve como exercício mental, exige uma neuroplasticidade que envolve a lógica [...] quanto mais desenvolvem-se elementos relacionados à inteligência, melhor a criatividade, foco atencional, tomada de decisão e o controle emocional para um melhor futebol”, explica o neurocientista.

Leia mais:

Imagem de destaque
Entenda

'Quadro psicótico', diz Vanessa Lopes ao falar sobre o que a fez sair do BBB

Imagem de destaque
Eleições 2024

Justiça Eleitoral está preparada para combater fake news, afirma juíza de Londrina

Imagem de destaque
Alerta

Idosos e crianças fazem parte dos grupos de risco para dengue grave

Imagem de destaque
Treta

Polícia indicia mulher, amante e cúmplice por falso sequestro no Paraná


O cubo mágico virou febre na década de 1980 e logo ganhou fama por exigir um ótimo raciocínio mental para resolvê-lo, seu próprio criador, Erno Rubik, levou um mês para montá-lo pela primeira vez, no entanto, esse exercício mental é muito benéfico para o cérebro e as habilidades que ele desenvolve, são essenciais em campo.


“Ao falarmos de neurociência no ambiente esportivo, temos que falar sobre questões mentais relacionadas à psicologia. Ou seja, um trabalho psicológico com estratégias neurocientíficas”, conclui Fabiano Agrela.


O sucesso do cubo mágico no Palmeiras foi tão grande que o clube anunciou recentemente o lançamento de um cubo personalizado para estimular os torcedores a também aderirem ao passatempo.

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade