Pesquisar

Canais

Serviços

- Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Confira

Dia do trabalho: dicas para cuidar melhor do salário

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
29 abr 2022 às 15:44
Continua depois da publicidade

O Dia do Trabalhador, comemorado em 1º de maio, está chegando e o feriado em pleno início do mês incentiva a gastar o salário com diversão e lazer. Porém, muitos brasileiros não conseguem organizar suas finanças, a ponto de pagar as contas e sobrar uma reserva para se divertirem. De acordo com o S & P Ratings Services Global Financial Literacy Survey, o país ocupa o 74º lugar no ranking global de níveis de educação financeira.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Continua depois da publicidade

Além de ser um hábito saudável para o bolso, a educação financeira traz qualidade de vida e segurança, evitando endividamentos e situações que podem deixar o nome sujo na praça. “Planejamento é fundamental. É preciso aprender a lidar com o dinheiro, seja para gastar com inteligência ou programar despesas e evitar dívidas”, ressalta Thaíne Clemente, Executiva de Estratégias e Operações da Simplic, fintech de crédito pessoal 100% online.

A executiva sugere três atitudes que se pode adotar desde já e que facilitam a iniciação de uma relação mais saudável com o dinheiro.

Continua depois da publicidade


Anote seus gastos


Anote suas despesas, desde as recorrentes, como água e luz, até os pedidos esporádicos de delivery. Seja em uma planilha ou em um aplicativo no celular, isso cria o hábito saudável do registro, essencial para o controle dos gastos. Assim, também é possível enxergar o tamanho real de suas despesas e ter mais clareza da situação financeira atual, analisar onde e como o dinheiro está sendo usado, se existe desperdício e como contornar isso”, recomenda Thaíne.


Avalie o uso do cartão de crédito


“O cartão de crédito traz vantagens, como a possibilidade de parcelar compras ou ter um prazo maior para pagar. Mas, se não é usado com consciência, pode se tornar um grande problema no orçamento. É importante usá-lo de forma inteligente e planejada. Parcelas podem se acumular com facilidade e fugir do controle. Não devemos esquecer: o cartão de crédito não é uma renda extra e, se não for usado com cautela, pode gerar dívidas indesejadas”, alerta a executiva.


Aprenda educação financeira


“Podemos viver em constante aprendizado e aprender algo que possa nos proporcionar mais qualidade de vida e tranquilidade financeira é uma vantagem e tanto. Conhecer boas práticas de organização financeira e saber como poupar dinheiro, qual a melhor forma de utilizar o cartão de crédito e até mesmo quando é o melhor momento para solicitar um empréstimo ou fazer investimentos são atitudes que fazem diferença ao longo do tempo e se tornam hábitos saudáveis”, finaliza Thaíne.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade