Pesquisar

Canais

Serviços

- Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Anote e faça!

Dicas e receitas Ayurvédicas para o Outono

WeMystic Brasil
07 mai 2022 às 00:00
Continua depois da publicidade

Segundo a medicina Ayurveda, as estações do ano influenciam diretamente na sua saúde e bem-estar. Confira dicas para o Outono! 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


O Ayurveda é um conhecimento milenar que surgiu na índia. Apesar de ter sido amplamente disseminado pelo Ocidente, nem todo mundo sabe que ele está associado às estações do ano. Para o Ayurveda é de extrema importância estar conectado aos ciclos da natureza, com o intuito de liberar toxinas e alcançar equilíbrio.   

Continua depois da publicidade


Entenda melhor como funciona esse sistema e qual sua relação com o Outono! 


A Medicina Ayurveda Ayurveda significa “ciência da vida”, sendo considerado o mais antigo sistema de saúde. Relacionada a filosofia Hindu, o Ayurveda é muito diferente da medicina ocidental, que busca resolver problemas isolados, já que o foco é a doença. 


Para o Ayurveda, cada pessoa é um ser holístico, isso quer dizer que esse sistema busca estabelecer o equilíbrio como um todo, ou seja, físico, mental, emocional e espiritual. Além disso, procura manter uma relação de harmonia com a natureza e demais seres.

Continua depois da publicidade


O maior objetivo do Ayurveda é prevenir doenças. Nessa lógica, dentro do conhecimento védico existem três doshas, que nada mais são do que características que definem grupos de pessoas. 


Conhecer o seu dosha ajuda a evitar alimentos e práticas que não fazem bem para a saúde, assim como você se torna consciente do que funciona para o seu organismo. 


Os Doshas ayurvédicos 


Para o Ayurveda, existem três Doshas, são eles Vata (ar + éter), Pitta (fogo + água) e Kapha (água + terra). Algumas pessoas possuem mais de um Dosha, na mesma proporção, porém o mais comum é ter um deles predominante. 


De forma resumida, pessoas do Dosha Vata são magras, com cabelos escuros e volumosos. Têm muita dificuldade de ganhar peso e, devido ao seu baixo índice de gordura, são friorentas. Em desequilíbrio, têm problemas de indigestão, ansiedade, insegurança e medos excessivos. 


Já os indivíduos do Dosha Pitta têm facilidade para ganhar e perder peso, assim como músculos. São calorosos, cheios de energia e muito competitivos. Devido à sua natureza quente, preferem estações frias.


Por fim, o Dosha Kapha caracteriza pessoas de pele macia, que geralmente têm cabelos encaracolados. Além do mais, seus movimentos são lentos, mas cheios de graça e ternura. São amigáveis e adoram aconselhar e ajudar o próximo. Por estarem conectados a natureza yin, receptiva, e as emoções, têm a tendência a ficarem deprimidos e descontar suas frustrações na comida.


Ayurveda e o Outono


Outono é uma estação fria e seca, da mesma maneira que o Dosha Vata. Por isso, nesse período do ano, essas pessoas precisam se aquecer, evitar ventos gelados e fazer exercícios leves. Então, a recomendação é comer alimentos quentes como sopas, caldos e chás. 


Para eles não é tão fácil manter uma rotina, porém é ideal que procurem fazer as mesmas tarefas todos os dias, para ter uma sensação de estabilidade. Tudo isso pode proporcionar leveza e paz de espírito. A dica é relaxar durante o outono, para aproveitar as demais estações. 


Utilize o óleo de Gergelim


óleo de Gergelim é doce, picante e quente. Por isso, é perfeito para aqueles que têm pele fria, como o Dosha Vata, também pode favorecer Kapha, porém, em excesso, tende a ser pesado. 


Fazer uma auto massagem diária com óleo de Gergelim ajuda a fortalecer o sistema nervoso, muscular, o trato digestivo e o sistema reprodutor. O óleo também é usado para fortificar o cabelo e tonificar a pele.


Dicas de receitas para o almoço ou jantar


Agora que você já sabe a importância de se alimentar de acordo com o seu Dosha, confira a seguir algumas receitas indicadas para cada um deles.


Cuscuz marroquino com vegetais - Kapha


Ingredientes:

1 xícara de cuscuz marroquino (sêmola de grão duro) 

2 xícaras de água 

1/2 pimentão vermelho 

1/2 pimentão verde 

1/2 abobrinha média 

10 azeitonas pretas 

1 tomate médio 

1 colher de sopa de azeite 

Sal a gosto 


Modo de fazer:

Ferva a água numa panela, adicione o cuscuz, mexa e desligue o fogo, mantendo a panela tampada por 7 minutos. Pique os pimentões, a abobrinha, as azeitonas e o tomate (retire as sementes). 

Aqueça o azeite em uma outra panela, acrescente os pimentões, a abobrinha, as azeitonas, sal, refogue bem e, por último, acrescente o tomate. Misture rapidamente e transfira os legumes refogados para a panela de cuscuz. Mexa bem e está pronto. 


O cuscuz marroquino é ideal para equilibrar o Dosha Kapha, porém também pode ser benéfico para Pitta, desde que substitua os pimentões por 1 xícara de pepino picado.


Quinoa com beterraba e tofu - Pitta


Ingredientes: 

100g de tofu grelhado em cubinhos (previamente temperado com azeite, sal e limão) 

1/2 xícara de quinoa em grão 

2 xícaras de água 

1 xícara de folha de beterraba picada 

2 beterrabas cortadas em cubinhos 

1 colher de café de curcuma 

1/2 colher de café de pimenta do reino 

1/2 pimenta dedo de moça 

Sal a gosto 


Modo de fazer:

Cozinhe a quinoa com a beterraba e reserve. Em outra panela, aqueça o azeite, refogue a pimenta e adicione a beterraba, a quinoa e o tofu. Finalize com a cúrcuma e a pimenta do reino, misturando bem. E está pronto.


Risotto de legumes com castanhas - Vata


1 xícara de chá de arroz integral 

4 xícaras de água 

1 tomate grande

1 flor média de brócolis 

4 castanhas de caju ou pará 

1 cebolinha verde 

1 rodela de gengibre fresco 

3 colheres de azeitonas pretas picadas 

1/2 bandeja de cogumelos shimeji cortados 

1 colher de sopa de azeite 

2 colheres de sopa de semente de gergelim 

2 colheres de café de curry em pó 

Sal a gosto 


Modo de fazer:

Em uma panela, adicione o arroz e a água. Leve ao fogo e cozinhe por, aproximadamente, 45 minutos. 

Retire a pele e as sementes do tomate e pique-o em cubinhos. Rale a cenoura e o gengibre (se você não for fã de gengibre, pode cortar uma rodela inteira para conseguir retirar depois) e separe o shimeji em buquês pequenos. 


Em outra panela, aqueça o azeite e adicione todos os legumes, refogando para que fiquem al dente. Então acrescente todos os ingredientes ao arroz quando ele estiver pronto. Misture bem e bom apetite! 

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade