Pesquisar

Canais

Serviços

- iStock
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Entenda!

Saiba como o protetor solar pode mudar a sua vida

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
14 abr 2022 às 09:56
Continua depois da publicidade

Item indispensável e recomendado por todos os dermatologistas, o protetor solar previne manchas, combate o envelhecimento precoce e até protege do câncer de pele, o mais frequente no Brasil e no mundo, segundo o Inca (Instituto Nacional de Câncer). 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Continua depois da publicidade

Contudo, apesar de todos os benefícios, muitas pessoas abrem mão da utilização diária do produto, e deixam passar a necessidade do filtro solar para a saúde humana, um erro visível entre as peles com aparência envelhecida e ressecada.  

Porém a grande variedade nas prateleiras das farmácias de todo o mundo pode confundir e gerar algumas dúvidas sobre a eficiência dessa proteção. Pensando nisso, criamos um guia para que você possa adquirir o item certo para as suas necessidades e tipo de pele. Entenda: 

Continua depois da publicidade


Textura vs. pele


Não há como dizer qual é o melhor protetor solar entre todos, pois cada pele possui características e necessidades diferentes. Uma pele oleosa, por exemplo, se adapta melhor com filtros oil-free, de toque seco e não-comedogênico, enquanto peles secas necessitam de maior hidratação, o que um produto em creme pode garantir. 

Escolher o produto certo pode controlar e tratar problemas como a acne e a oleosidade; por isso, é importante reconhecer o seu tipo de pele com um profissional e entender as exigências.


Como usar


O protetor solar deve ser aplicado como o último passo da rotina de cuidados com a pele. Antes dele, é importante fazer uma boa higienização e hidratar o local onde será aplicado. 

Vale lembrar que engana-se quem acha que apenas o protetor facial é necessário no dia a dia;  quem é adepto da depilação a laser, por exemplo, deve usar o produto constantemente em cada região do corpo, para que não haja nenhuma mancha ou irritação por raios solares.  

Outro ponto importante é reaplicar o protetor ao longo do dia, com pelo menos duas horas entre as aplicações, quando há exposição ao sol, ou três vezes ao dia em lugares fechados. 


Fator de proteção solar


O FSP (fator de proteção solar) causa frequentes dúvidas para aqueles que buscam pelo filtro solar ideal. Isso porque, ao contrário do que se acredita, um filtro com FPS 60 não protege mais do que um de 30. 

A diferença entre as numerações é somente o tempo de proteção do produto na pele. Quanto mais baixo o fator, menor o tempo que o produto age contra os raios UVA e UVB. 


Proteção com cor


Além de facilitar a rotina e diminuir um passo na hora de se arrumar, o protetor solar com cor garante maior proteção quando o assunto são as luzes visíveis, presentes em telas, como celulares, computadores e tablets. Outro ponto positivo é que o protetor que oferece uma camada de cor também disfarça manchas e melasmas, chegando a tratar a pele quando usado de maneira correta e constante.  

Agora que você já conhece as opções e entende a diferença entre elas, não deixe de cuidar da sua pele e garantir saúde e beleza a longo prazo.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade