Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução/Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Saber para mudar

Saiba quais critérios adotar antes de mudar de emprego

Caroline Knup* - Estagiária
19 set 2019 às 17:01
Continua depois da publicidade

Muitas pessoas têm problemas quanto à permanência em um emprego. De acordo com o portal UOL, é muito provável que essas pessoas se identifiquem com uma das três características seguintes: medo do julgamento do recrutador na entrevista de emprego, dificuldade em saber muito sobre um determinado tema e baixa autoestima, o que leva a pensar que existe algum problema com a personalidade.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O primeiro ponto, que se refere ao medo do candidato de ser julgado pelo recrutador, ocorre pelo fato da pessoa apresentar instabilidade no que se refere à área profissional. De acordo com o UOL, a dica para pessoas que querem mudar de carreira ou emprego com frequência é ter sempre boas explicações para citar na entrevista. Além disso, é importante que o candidato saiba que, em seleções em que apenas o currículo é levado em conta, ele terá desvantagem.

Continua depois da publicidade


Quanto à dificuldade de saber muito sobre um tema, o UOL indica que a pessoa precisa de tempo para aprender. Por isso, no período de experiência, que dura três meses, é indicado que a pessoa se dedique às novas informações e aos novos aprendizados, mesmo que haja desconforto. Para driblar esse problema, a dica é abraçar o desconforto e, para isso, é preciso que a pessoa não desista quando as coisas ficarem difíceis. É importante que, nesses momentos, o candidato priorize sua carreira profissional.


No terceiro ponto, que se refere à falta de autoestima do profissional, a dica do UOL é ajustar o comportamento. Para isso, a dica aqui é reunir três ingredientes básicos: inteligência emocional, tolerância e flexibilidade.


Um dos motivos que levam alguns profissionais a trocar de emprego são as companhias do ambiente de trabalho. Nesse caso, a sugestão é tentar resolver os problemas com diálogo e tolerância. Pode-se até pensar que, ao mudar de emprego, todas essas situações vão se resolver. É sim possível que esses conflitos se resolvam, mas nada garante que, no novo emprego, não existiam casos piores com os colegas.

Continua depois da publicidade


Existe, ainda, uma outra razão para que os profissionais queiram mudar de emprego com rapidez: a ânsia de experimentar e testar coisas novas. Nesse caso, segundo o UOL, é importante considerar que essas experiências podem ser adotadas em um segundo emprego, um hobby ou um freelance. É bom salientar que profissionais que não permanecem um tempo considerável em uma função não conseguem se tornar especialistas em algo.

*Sob supervisão de Larissa Ayumi Sato.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade