Pesquisar

Canais

Serviços

- Pexels
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Dia da Educação

Três em cada quatro famílias sofrem com falta de interesse dos filhos pelos estudos

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
28 abr 2022 às 18:17
Continua depois da publicidade

No dia 28 de abril é celebrado o Dia Mundial da Educação, e uma pesquisa realizada pela Piva Educacional, startup que ajuda crianças e adolescentes a terem autonomia nos estudos, revelou que 74,4% dos pais  - ou aproximadamente três a cada quatro - sofrem com a falta de interesse dos filhos pelos estudos. O levantamento também mostra que mais da metade dos responsáveis  - - 57,6% - já colocaram os filhos de castigo por conta disso em algum momento.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Continua depois da publicidade

A pesquisa ainda revelou que a pandemia foi um agravante na relação entre pais, filhos e os estudos: 67,6% dos pais precisaram ser mais ativos na educação dos filhos após o início da pandemia e 57,5% estudaram junto com eles para suprir as necessidades daquele momento. Outro recurso buscado por 67,9% dos pais nesse período foi a contratação de reforço escolar ou de professores particulares.

“Com o ensino a distância, os pais participaram mais ativamente do ensino dos filhos. Dependendo da forma que isso acontece, pode ser um grande problema para a autonomia das crianças e para a qualidade do tempo gasto entre pais e filhos”, explica Bruno Piva, CEO e fundador da Piva Educacional.

Continua depois da publicidade

Piva explica que o ideal é que crianças e adolescentes consigam estudar de forma autônoma. “Autonomia nos estudos não significa deixar de acompanhar seus filhos na escola, mas sim proporcionar independência para estudar, uma relação mais saudável com os estudos e, consequentemente, maior produtividade e aprendizagem. Esse é o propósito da Piva Educacional, fazer crianças e adolescentes aprenderem e gostarem de estudar sozinhas, e pais e responsáveis podem auxiliar nesse processo de diversas maneiras”, aponta o CEO.

 

Os dados foram obtidos por meio de um formulário respondido por mais de 1500 famílias, com filhos entre 7 e 17 anos, durante o mês de janeiro, na Semana do Filho Estudioso, evento com conteúdos educacionais gratuitos promovido periodicamente pela startup como porta de entrada para as famílias que buscam auxílio no processo de aprendizagem dos filhos.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade