Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Anote já!

Veja atividades por faixa etária para ensinar crianças a ajudar a manter a casa organizada

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
05 mar 2024 às 09:20
- Freepik
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Cultivar o hábito de manter os ambientes arrumados contribui para a autoconfiança, autonomia e senso de responsabilidade desde a infância


Quem tem crianças sabe que manter a casa organizada é um desafio. Por outro lado, os pequenos, por natureza, possuem o dom de absorver tudo o que é ensinado com facilidade. O que talvez muitos não saibam é que envolvê-las na organização auxilia no desenvolvimento de habilidades importantes, como responsabilidade, autoconfiança e autonomia. 

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Conforme Vanessa Panisson, coordenadora da Educação Infantil e Anos Iniciais do Colégio Positivo - Joinville, a partir de dois a três anos, eles começam a entender e aprender que os brinquedos que usaram para brincar precisam ser organizados e guardados, o que pode ser feito por eles mesmos. “Pode-se começar criando rotinas em casa, estabelecendo horários e afazeres que estejam dentro das competências de cada faixa etária da criança, como arrumar a cama, organizar os próprios brinquedos, alimentar o animal de estimação e até lavar a louça do café, aumentando, de forma tranquila, as responsabilidades dela no lar, conforme vai crescendo”, opina.

Leia mais:

Imagem de destaque
Operação Fim da Linha

Entenda como funciona a lavagem de dinheiro do PCC em empresas de ônibus em São Paulo

Imagem de destaque
Dia do beijo

De herpes à surdez, saiba quais são os riscos do beijo

Imagem de destaque
Neste mês

PF vai aos EUA verificar transações sobre caso de joias de Bolsonaro para concluir inquérito

Imagem de destaque
Aprovada em fevereiro

CNJ suspende medida que proíbe uso de cropped no STJ


De acordo com a especialista, para criar o hábito de a criança fazer as tarefas em casa, o ideal é dar autonomia para executá-las. Por exemplo, deixar que ela escolha onde pode guardar os brinquedos, de forma organizada, para que se sinta parte integrante daquele ambiente. "Dessa forma, criará na criança a responsabilidade pela organização do próprio quarto, sem muito esforço. Afinal, foi ela mesma quem escolheu onde guardar os objetos naquele espaço”, afirma. “É muito importante também elogiar a criança a cada acerto e tarefa cumprida. Essa será uma recompensa gratificante, além de um grande incentivo para que realize cada dia mais atividades”, destaca.

Publicidade


Dê liberdade para fazer as tarefas, mas sempre com supervisão 


Muitos pais se preocupam com a segurança dos filhos com relação aos afazeres domésticos. Porém, a especialista assegura que, se feitas de maneira equilibrada e com tarefas adequadas para cada faixa etária, não há problema. “Escolha aquelas que não ofereçam riscos. Mas, acima de tudo, auxilie, acompanhe e faça junto; assim, os pequenos poderão aprender mais rápido”, detalha.

Publicidade


“Se, por acaso, a criança não completar a tarefa 100%, mesmo assim, elogie: ‘Você consegue mais!’ ‘Você pode fazer melhor!’, e nunca a desencoraje-a”, aconselha. Caso ela sinta medo de cumprir uma determinada tarefa, Vanessa orienta a não pressionar, mas deixar progredir aos poucos, até sentir-se segura. “Assim, ela vai se desenvolvendo e aprendendo também a trabalhar de forma cooperativa”, comenta.


No caso dos pré-adolescentes e adolescentes, é comum que possam sentir preguiça ou rejeitar auxiliar em casa. Entretanto, mesmo nessas situações, a especialista enfatiza a importância de destacar que um dia também serão adultos e precisarão manter a organização, seja em ambientes profissionais ou pessoais. “Sem contar que também poderão transmitir esses princípios para seus filhos no futuro, caso se tornem pais.”

Publicidade


Separe uma lista de tarefas diárias


As crianças, muitas vezes, esquecem o que devem fazer. Por isso, lembrá-las por meio de um quadro ou deixar anotado em um papel na porta da geladeira, por exemplo, onde possam ver a rotina, tende a facilitar a vida. Caso ainda não saiba ler, é importante que os pais reforcem as tarefas diariamente, até que se tornem um hábito. 

Publicidade


Separe as tarefas por idade


Aumente as responsabilidades gradativamente à medida que se tornem rotina, passando para outras. Veja algumas dicas da especialista:

Publicidade


De 2 a 4 anos: guardar os brinquedos e aprender a colocar a roupa suja no lugar correto após o banho ou passeio. Ainda é importante que aprendam onde ficam brinquedos e pertences pessoais, como roupas, calçados e materiais escolares.


De 5 a 7 anos: devem saber organizar o material escolar e aprender onde guardar ao chegar da escola. Podem aprender a dobrar as próprias roupas. 


De 8 a 10 anos: Arrumar a mesa, a cama, guardar roupas no guarda-roupa, ajudar nas compras de supermercados e tirar o pó dos móveis com um pano úmido.


A partir dos 10 anos: é recomendável que os pré-adolescentes façam tarefas semelhantes às dos adultos em casa, com cuidado especial na manipulação de produtos de limpeza e objetos cortantes. Lavar a louça, colocar roupas na máquina de lavar, preparar lanches simples, fazer lista de compras do supermercado e da feira, e organizar as compras são atividades que podem desempenhar com facilidade. 


Imagem
Matemática ajuda brasileiro a descobrir possível novo planeta orbitando ao redor do Sol
Foi com a matemática que Patryk Sofia Lykawka, um pesquisador brasileiro que há mais de 20 anos vive no Japão, foi até os confins do Sistema Solar e descobriu um corpo celeste com grandes possibilidades de ser um novo planeta orbitando ao redor do Sol.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade