20/04/18
27º/17ºLONDRINA
 -
 -
09/03/2018 - 09:51
Imprimir Comunicar erro mais opções
Hoje, 09 de março (sexta-feira), a partir das 19 horas, será a 55a. edição do evento "Cutucando a Inspiração", organizado pelo poeta Geraldo Magela Cardoso no Teatro Universitário de Curitiba (TUC), Galeria Julio Moreira, Centro, Curitiba.

Recebi o convite para participar com a leitura de alguns poemas de minha autoria. Participarão também entre outros, as poetisas Vanice Zimerman e Nair Rodrigues de Carvalho. Também serão lidos poemas de Maria Lisbela (in memoriam).

No evento receberão Medalha Mérito Cultural o radialista e cinegrafista Wasyl Stuparyk e o editor e poeta Amaury Nogueira, dono da Nogue editora.

Entrada franca.

07/03/2018 - 23:53
Imprimir Comunicar erro mais opções
Mulher e Poesia

Toda a mulher é Poesia
Seja de noite, ou, de dia
Seus cabelos são sedosos versos
Que viram estrelas nos universos

Seu rosto possui o segredo da rosa
Enquanto seu corpo perfuma o jardim
Sua alma é uma fada maravilhosa
Tirando somente o que é ruim

Quando a mulher escreve um poema
Ela vira a rainha da verdadeira Literatura
Deixa de ser musa e resolve um problema
Com inteligência, doçura e candura

Toda mulher é um eterno poema
Com a suavidade de alfazema
Toda mulher é um poema eterno
Declamado num abraço fraterno.

Luciana do Rocio Mallon



Dia Oito de Março

Sobre a guarda da cadeira de madeira nobre
deixa-se a camisa branca de batom na gola
quarenta e cinco é o colarinho na fita métrica
nesta medida maliciosamente desce a unha rosa
e intumesce o mamilo intonso do peito nu.
Esparramado o corte na mesa de mármore,
as tesouras pratas correm pelo tecido ouro
junto do desejo de nenhum controle
apenas nefasto por um momento impróprio
que o tampo da mesa torna-se o leito
já não mais das peças que o chão acolhe
mas antes de tudo a provocar ruído.
No dia seguinte, por assim dizer,
os botões a fecham com os dedos soltos
e o outro interno abaixo das casas
tem-se a anagogia que se alimenta ainda
do bordado em seda das iniciais do nome
no lado esquerdo que pulsa frenético
e a respiração suspensa do grito calado.
Inconscientes ambos dos dois gametas unos
de divisão mitótica que a partir de então
é feita a tecelagem de um novo homem
embora agora o privilégio seja apenas dela.

Elói Fonseca - março 2018
07/03/2018 - 02:21
Imprimir Comunicar erro mais opções
Em 8 de março, a partir das 18horas, no Auditório Paul Garfunkel da Biblioteca Pública do Paraná, em Curitiba, será lembrado o Dia Internacional da Mulher com um evento literário .
As poetisas Laura Monte Serrat Barbosa e Andréa Motta, falarão sobre a enigmática do feminino na arte e na literatura.
Laura falará sobre a pesquisa e o caminho que percorreu para preparar suas aquarelas, baseadas nas obras de cinco escritoras hispânicas homônimas.
Exposição das aquarelas de Laura Monte Serrat será no Hall de entrada da BPP até 16 de março.
Andréa realizará leituras poéticas do grupo de Poesia Permanente da BPP e do público presente.
Os poetas poderão levar seus poemas e participar ativamente do evento.

Entrada franca.
O auditório Paul Garfunkel tem 120 lugares.
Apoio De Boca Em Boca - Produção Cultural

22/02/2018 - 13:14
Imprimir Comunicar erro mais opções
PROFESSOR ARMADO

Se vai ministrar aula, não pode esquecer
levar sua Winchester 243, pra se proteger.

Por piedade, que alguém me fale:
em um mundo civilizado
é preciso o professor armado?

Professor armado eu não quero ver.
Como falou o imortal Raul Seixas:
"Pare o mundo que eu quero descer!"

Isabel Furini

Isabel Furini é poeta e escritora - Contato: [email protected]


Arte realizada com cartuchos de balas - Arte para a Paz - Feira de Arte de Seattle - 2015
13/02/2018 - 05:26
Imprimir Comunicar erro mais opções
Aconteceu em 04 de Fevereiro (domingo), das 14 às 16 horas foi o Recital Poético de Isabel Furini na Biblioteca de Burlingame, Califórnia, USA.
Isabel Furini fez leitura de seus poemas em idioma espanhol e Bárbara O`Dell e Monique Rojas realizaram a leitura dos mesmos poemas em língua inglesa.
Os participantes, na sua maioria americanos que estudam a língua e cultura hispanoamericana, também tiveram a oportunidade de ler alguns dos poemas e realizar perguntas e comentários.
Durante duas horas os presentes leram e analisaram as poesias de Isabel.
Barbara O`Dell, a organizadora do evento agradeceu aos presentes e deixou em aberto a possibilidade de um novo Recital que será agendado com maior antecedência.
Foram lidos alguns dos poemas premiados de Isabel Furini, entre eles: Foram escolhidos para leitura O GRITO -1º Lugar no Concurso Internacional Missões – Categoría Poesia, Rio Grande do Sul, Brasil, 2005, CATARSE – 2º Prêmio da Revista Katharsis, Espanha, 2009, VINHEDO – 3º Prêmio Concurso da Universidade Federal Fluminense – RJ, Brasil, 2011, GESTAÇÃO POÉTICA – 2º Prêmio Concurso Alepon – Academia de Letras de Ponte Nova / Minas Gerais – 2013, OCTOPUS – 1º Lugar, Prêmio Internacional de Escritores/Poetas – Coimbra, Portugal, 2015, e outros poemas.

Leitura de poemas de Isabel Furini na Biblioteca de Burlingame, Califórnia, USA.
Leitura de poemas de Isabel Furini na Biblioteca de Burlingame, Califórnia, USA.


Isabel Furini na porta da Biblioteca de Burlingame, Califórnia, USA.
Isabel Furini na porta da Biblioteca de Burlingame, Califórnia, USA.
Isabel Furini
 
Isabel Furini, escritora e educadora. Recebeu prêmios em concursos de poesia e de contos. Publicou 15 livros, entre eles: Mensagens das Flores e Ele e outros contos. Também escreve para o público infanto-juvenil. É autora da coleção "Corujinha e os Filósofos" da Editora Bolsa Nacional do Livro de Curitiba.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE