30/10/20
PUBLICIDADE
Saiba mais

Enem 2019: às vésperas do resultado, ansiedade predomina entre os estudantes

Os resultados individuais do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) ainda não foram divulgados, mas o assunto já é motivo de burburinho nas redes sociais. A previsão do MEC (Ministério da Educação) é de que o acesso ao resultado seja liberado nesta sexta (17).

Fernando Frazão/Agência Brasil
Fernando Frazão/Agência <a href='/tags/brasil/' rel='noreferrer' target='_blank'>Brasil</a>


A nota da prova é fundamental para o ingresso no ensino superior público e privado por meio de programas do governo como o Sisu e o Prouni, cujas inscrições estão programadas para a semana que vem.

Na edição mais recente do Enem, 3,7 milhões de pessoas fizeram a prova nos dias 3 e 10 de novembro do ano passado. O estudante Tawan Lopes, de 19 anos, é um desses participantes que esperam ansiosos pelas notas. Para o jovem, o resultado do Enem definirá os seus próximos passos em relação ao futuro nos estudos. Segunda vez participando do Enem, Tawan espera neste ano ser estudante do curso de Direito ou Psicologia, sua segunda opção de graduação, da UFBA (Universidade Federal da Bahia).

Ainda sem os resultados em mãos, ele confia no seu desempenho na avaliação. "Achei a prova bem equilibrada e neutra com relação a temas polêmicos, bem conteudista e elaborada. Acredito ter feito uma boa prova mais tranquila e consciente, pois me preparei nos últimos cinco meses que antecederam a prova”, afirma.

As notas do Enem poderão ser conferidas na Página do Participante ou no Aplicativo do Enem e serão disponibilizadas por área de conhecimento: matemática e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias. Além da nota da redação, que vai de 0 a 1000 pontos.

Como é calculada a nota do Enem?

Para chegar à nota nas cinco áreas individuais de conhecimento, o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio), responsável pela avaliação, utiliza a metodologia da TRI (Teoria de Resposta ao Item). Ao contrário de uma prova comum, onde 5+5=10, essa metodologia não apresenta o resultado a partir da proporção de acertos dos candidatos na prova.

Por isso, participantes que responderam corretamente um mesmo número de questões podem ter notas finais diferentes. A TRI leva em conta a dificuldade das questões acertadas. Por exemplo, se um candidato errou muitas questões consideradas fáceis e acertou as mais difíceis pode-se supor que tenha havido chute nas respostas, o que contribui para o peso da questão. A nota da redação do Enem segue critérios tradicionais de correção.

Para mais informações sobre bolsas de estudo, você pode contar com a ajuda do Educa Mais Brasil. São milhares de instituições parceiras e você ainda pode estudar com um desconto de até 70%. Se interessou? Acesse o site do Educa Mais Brasil.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
São 100 vagas

Paraná abre inscrições de Residência Técnica em Engenharia e Gestão Ambiental

30 OUT 2020 às 16h30
Processo seletivo

Revalida 2020: avaliação registra mais de 16,5 mil inscritos

30 OUT 2020 às 15h26
São 50 mil vagas

Fies: inscrição pode ser feita até terça-feira

30 OUT 2020 às 10h00
UEL

Pesquisas usam sistemas de visão computacional na avaliação e produção de carnes

30 OUT 2020 às 08h51
Segundo Procon

Contrato de escola deve especificar condição das aulas em 2021

30 OUT 2020 às 08h40
Educação

Novo decreto: aulas presenciais permanecem suspensas em Londrina

29 OUT 2020 às 18h07
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados