Pesquisar

Canais

Serviços

Pedro Ribas/AEN-PR
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
470 para Londrina

Inscrições para concurso da PM são reabertas no Paraná; confira

Redação Bonde
04 ago 2020 às 19:38
Continua depois da publicidade

O concurso público da PM-PR (Polícia Militar do Paraná) reabriu nesta terça-feira (4) as inscrições após recomendações do MP-PR (Ministério Público do Paraná) sobre corrigir pontos considerados inconstitucionais no edital para a admissão de soldados na PM e Corpo de Bombeiros. As inscrições seguem até as 17h do dia 2 de setembro no site do Núcleo de Concursos - UFPR. São 2 mil vagas para soldado da Polícia Militar e 400 vagas para soldado Bombeiro Militar. A taxa é de R$ 100.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


A retificação foi publicada no último dia 27 e passou a aceitar a classificação de candidatos que tenham tatuagens "que não representem risco à segurança" e que não sejam consideradas ofensivas. Também passa a ser permitido candidatos que realizaram cirurgia de reconstrução do lóbulo da orelha, decorrente ao uso de alargadores ou semelhantes.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Os candidatos devem ter no máximo 30 anos de idade até o dia 1º de abril. Para tomar posse, é preciso ter concluído o ensino médio. As provas foram adiadas devido à pandemia do novo coronavírus. Por conta disso, ainda não há data definida para a realização do teste. Quando houver nova data, o processo será realizado em duas etapas, sendo a primeira com uma prova de conhecimentos gerais com 60 questões objetivas e redação e a segunda com as provas de habilidades específicas (capacidade física, sanidade física, avaliação psicológica e investigação social).


Durante o curso de formação de praças, os candidatos que forem aprovados vão receber R$ 1,9 mil de bolsa. Quando terminarem o curso e se formarem, passarão a receber R$ 4,2 mil.

Ao todo, são 2,4 mil vagas. Para Londrina são 470 vagas no total, sendo 270 para policiais miliares e 200 para bombeiros.


Continue lendo