Pesquisar

Canais

Serviços

Participe!

UEL tem Cine PET Educação Física nesta terça-feira

- Pexels
Redação Bonde com Agência UEL
12 jun 2022 às 10:56
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

O grupo PET (Programa de Educação Tutorial) Educação Física da UEL (Universidade Estadual de Londrina) promove, nesta terça-feira (14), o Cine PET Educação Física. A atividade será presencial no Cefe (Centro de Educação Física e Esportes), das 14h às 17h30. É aberto ao público interno e externo, sem necessidade de inscrição prévia.

Continua depois da publicidade


A programação conta com a exposição do filme “Ponto de Mutação” (1990), com direção de Bernt Amadeus Capra. Depois da exibição, com duração de 1h51, haverá a participação da professora Lilian Cantelle, do Departamento de Filosofia, do CLCH (Centro de Letras e Ciências Humanas). A docente fará uma apresentação a partir do debate gerado pelo longa-metragem, incentivando a discussão com os participantes.


O Cine PET é uma atividade que objetiva potencializar análises e participação tanto dos membros do grupo quanto da comunidade acadêmica e sociedade civil, sempre com um especialista convidado para auxiliar na discussão dos filmes. Geralmente, a obra escolhida promove alguma crítica social ou possui uma temática mais atual.


PET


Os Grupos PET procuram unir Ensino, Pesquisa e Extensão. São formados por estudantes, que contam com a tutoria de um docente. Atualmente, há cinco grupos PET ativos na UEL: Educação Física, Física, Geografia, Matemática e Zootecnia.


Para a estudante Ana Giulia Soares Martines, do terceiro ano do curso de Educação Física, os programas são muito importantes para a formação acadêmica. “Você conhece pessoas e tem contato com professores doutores. O programa é necessário para mostrar a força da universidade”, afirma a discente, que há dois anos integra o PET Educação Física, coordenado pelo professor Victor Hugo Alves Okazaki, do Departamento de Educação Física.

Continua depois da publicidade


Segundo Nayara Marcos de Oliveira, do primeiro ano do curso, a experiência também agrega bastante para o desenvolvimento profissional. “Ali é o lugar onde você está aberto a erros, onde você pode explorar o seu próprio limite”, pontua. “O PET te abre muito espaço para a universidade, você entende todos os projetos, além da importância de várias instâncias”, diz Oliveira, há um mês integra o PET Educação Física.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade