27/05/20
33º/20ºLONDRINA
|
Nesta quinta

Servidores recebem salários e suspendem greve na UEL; professores mantêm assembleia na segunda

Servidores e professores da Universidade Estadual de Londrina (UEL) receberam os salários de janeiro no fim da tarde desta quinta-feira (1º). Com o pagamento dos salários, a greve que começaria na próxima segunda-feira (5) foi suspensa pelo sindicato que representa os servidores.

Conforme o presidente do Sindicato dos Técnicos-administrativos da UEL (Assuel), que representa os servidores, Adão Brasilino, com os pagamentos sendo realizados pelo governo, a greve perde seu objeto. Os funcionários da UEL chegaram a deflagrar a greve em assembleia, na manhã desta quinta-feira. Na ocasião, 40 votaram a favor das paralisações e 31 contra. A paralisação iria prejudicar os calouros da UEL, já que a categoria também deliberou que as matrículas dos aprovados no vestibular 2018 não seriam feitas no período.


Anderson Coelho/Grupo Folha
Anderson Coelho/Grupo Folha


No entanto, representantes do Sindiprol/Aduel, entidade que representa os professores, afirmaram que a assembleia marcada para segunda-feira (5) será realizada mesmo com o recebimento dos pagamentos. "Embora os salários tenham sido depositados, nós ainda temos outras questões para discutir na assembleia. Como, por exemplo, a aderência da universidade ao sistema Meta-4."

O Governo do Estado liberou a folha salarial dos servidores da Unicentro, Unioeste, UEPG e UEL. Os salários foram depositados, de forma gradativa, durante esta quinta-feira (1º), conforme a finalização da análise das documentações enviadas nos últimos dois dias pelas reitorias.

Apenas os servidores e professores da Universidade Estadual de Maringá (UEM) ainda não receberam os salários. Toda a documentação necessária para o processamento da folha foi conferida e aprovada. No entanto, até o início da noite desta quinta-feira, faltava a autorização do reitor para crédito no banco credenciado, nos mesmos termos em que o documento foi assinado pelas outras instituições estaduais de ensino superior.

Na semana passada, a reitora da UEL, Berenice Jordão enviou os dados que oficializaram a adesão da UEL ao sistema Meta 4, lançado pelo governo estadual para gerenciar a folha de pagamento do funcionalismo público.

(Com informações da AEN-PR)

(Atualizada às 20h)
Fernanda Circhia - Redação Bonde
PUBLICIDADE
Conteúdo relacionado:
Pesquisa
Censo escolar revela que 10% dos alunos não concluem a alfabetização
Continue lendo
Transporte coletivo
Inicia cadastro de estudantes com isenção32
01/02/2018 09:10
Pesquisa
Censo escolar revela que 10% dos alunos não concluem a alfabetização
01/02/2018 08:44
Fies
CMN regulamenta juro zero para estudantes de baixa renda
26/01/2018 07:20
Na educação básica
MEC autoriza nome social para travestis e transexuais
18/01/2018 07:21
Enem
Na prova de Redação, sexo feminino obtém nota maior
14/01/2018 08:56
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados