Pesquisar

Canais

Serviços

- Arnaldo Alves/AEN
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Confira as datas

Universidades estaduais do Paraná definem calendário letivo para retorno presencial

Redação Bonde com AEN-PR
07 jan 2022 às 16:59
Continua depois da publicidade

As sete universidades estaduais do Paraná definiram seus calendários letivos de 2022 com a previsão de retorno das aulas presenciais, mediante o cumprimento de protocolos de segurança sanitária. Nas próximas semanas, 67.664 estudantes de graduação e 15.224 alunos de pós-graduação retomam a rotina de atividades referentes ao período 2021/2022.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Todas as instituições compartilham orientações semelhantes de biossegurança para o acesso de alunos, professores e demais profissionais em salas de aula e laboratórios, como a higienização de mãos com água e sabão, além do álcool em gel 70%; e o uso obrigatório de máscara facial de tecido ou descartável, cobrindo nariz e boca durante toda a permanência nas dependências universitárias.

Continua depois da publicidade


Entre as principais medidas, os conselhos universitários das instituições estabeleceram a conclusão do esquema vacinal contra o novo coronavírus para toda a comunidade universitária. Neste primeiro momento, somente a UEL (Universidade Estadual de Londrina) e a Unicentro (Universidade Estadual do Centro-Oeste) não se posicionaram a respeito da solicitação do comprovante de vacina.


Para efeitos de comprovação, será considerado o certificado de vacina digital, disponível na plataforma do Sistema Único de Saúde, o Conecte SUS, ou o cartão de vacinação. No documento devem constar os registros de doses, conforme recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).


Para a Reitora da UENP (Universidade Estadual do Norte do Paraná), Fátima da Cruz Padoan, a vacinação garantirá a segurança das comunidades universitária e locais. “A comprovação da vacina é um cuidado necessário, principalmente por que grande parte dos alunos se desloca diariamente de ônibus para assistir as aulas, inclusive entre municípios”, destaca.

Continua depois da publicidade


O reitor da UEPG (Universidade Estadual de Ponta Grossa), Miguel Sanches Neto, reforça a importância da vacinação. “Além de proteger as vidas das pessoas, essa medida tem impacto no controle da pandemia e no combate à disseminação do vírus, em consonância com a ciência”, afirma.


A obrigatoriedade de comprovação do ciclo vacinal será dispensada nos casos de condição de saúde que impeça a imunização contra a Covid-19, mediante apresentação de atestado médico.


Detalhes


Na UENP, todos os estudantes deverão enviar antecipadamente os comprovantes da vacina para a instituição, assim como um termo de ciência e cumprimento dos protocolos de biossegurança.


Para garantir maior segurança, a UEM (Universidade Estadual de Maringá) e a Unicentro optaram por fazer o retorno presencial de forma escalonada.


Na UEM, em um primeiro momento, retornarão aproximadamente 10.500 estudantes, que equivale a 75% dos alunos. Outros 3.500 começarão as atividades duas semanas depois.


Na Unicentro, inicialmente serão retomadas as atividades dos cursos de Enfermagem e Medicina Veterinária, ambos localizados no câmpus do Cedeteg (Centro Educacional de Desenvolvimento Tecnológico de Guarapuava). Os demais cursos começarão uma semana depois.


Nos sites das sete instituições é possível consultar todas as informações sobre os protocolos definidos para o retorno seguro das aulas.


Início das aulas presenciais


Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) – 10 de janeiro

Estudantes: 8 mil de graduação e 1.000 de pós-graduação


Universidade Estadual de Maringá (UEM) – 17 de janeiro

Estudantes: 14 mil de graduação e 4 mil de pós-graduação


Universidade Estadual de Londrina (UEL) – 24 de janeiro

Estudantes: 13.149 de graduação e 4.781 de pós-graduação


Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) – 24 de janeiro

Estudantes: 8.454 de graduação e 2.557 de pós-graduação


Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) – 02 de fevereiro

Estudantes: 5.500 de graduação e 500 de pós-graduação


Universidade Estadual do Paraná (Unespar) – 02 de fevereiro

Estudantes: 9.755 de graduação e 386 de pós-graduação


Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) – 07 de fevereiro

Estudantes: 8.806 de graduação e 2 mil de pós-graduação.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade