Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação
Disse tudo!

Ícaro Silva rebate crítica de Agnaldo Silva a Beyoncé

27 ago 2021 às 08:08
Continua depois da publicidade

Ícaro Silva, 34, ator de "Pega-Pega" e "Verão 90", respondeu o posicionamento polêmico do autor de novelas Aguinaldo Silva à cantora Beyoncé, que disse que ela pertence a uma "elite branca". Silva se junta aos atores Jéssica Ellen e Rafael Zulu, que ficaram revoltados com a afirmação.

Continua depois da publicidade


Continua depois da publicidade

O ator publicou no Instagram fotos de Beyoncé com o marido e dele com a mãe. Na legenda, contou a história da mãe negra e faxineira, que criou dois filhos na favela.


"Não nos conhecemos e é provável que isso nunca aconteça, dado que já sou muito grande para os papéis medíocres reservados aos pretos em suas obras, mas me sinto no dever de te apresentar Jô do Espírito Santo [a mãe]", escreveu.

Continua depois da publicidade


Silva falou que graças a educação antirracista da mãe aprendeu que haveria brancos com língua ferina e seus privilégios que tentariam diminuir a conquista de negros.


"Não sabe nada de Jô, nem de Beyoncé. É visível que não. Seu olhar viciado sobre a sociedade brasileira, expresso em novelas ainda hoje tão embranquecidas, não contempla nossa história, tampouco nosso tamanho".


O ator ressaltou que quer ver Beyoncé carregada de diamantes e coberta a cabeça aos pés das pedras mais preciosas já roubadas do continente africano pelos europeus.


"Quero ter que usar óculos escuros para ver Beyoncé, quero que 'Beyoncé' seja sinônimo de diamante de 30 milhões de dólares. E o dobro eu desejo para toda e qualquer mulher preta neste planeta!".


Antes dele, a atriz Jéssica Ellen já havia questionado Agnaldo Silva sobre as novelas dele não terem protagonistas negros e nunca ajudarem na autoestima da população preta.


"Aguinaldo, vamos falar de Brasil? Quando em suas novelas seus protagonistas tiveram a pele como a minha? Quando em suas novelas a cultura preta brasileira foi abordada para ajudar na autoestima da população preta?", disse em uma postagem.


Ela continuou. "Quando eu olho a imagem da Beyoncé poderosa e milionária, penso na potência que nós negros somos e o quanto ela inspira milhares de pessoas pretas no mundo todo. Em pleno 2021, a lista de protagonistas pretas na TV brasileira não chega nem a cinco nomes", pontuou.


Rafael Zulu engrossou o coro. "Ah Sr. Aguinaldo Silva, acorda! Nunca vi protagonista preto em seus trabalhos. E olha que não foram poucos. O senhor sempre foi do dream team [time dos sonhos] dos autores da Rede Globo nos tempos áureos e nada de preto em destaque. Agora me vem na altura do campeonato criticá-la por isso?", publicou.

Continue lendo