Pesquisar

Canais

Serviços

Reprodução/Instagram
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Nova fase

Priscilla Alcântara se lança no pop e deixa gospel após vencer 'The Masked Singer'

Martha Alves/Folhapress
04 nov 2021 às 11:21
Continua depois da publicidade

Priscilla Alcântara, 25, cresceu em frente às câmeras cantando e apresentando programas infantis. Mas a participação da cantora no reality musical The Masked Singer (Globo), do qual saiu vencedora, marca uma nova fase na sua carreira musical: ela deixa a música gospel para se lançar no pop.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Priscilla diz que ter participado do reality trouxe muitos frutos profissionais e fez ela se reconectar ainda mais com a sua música, "dando um gás" para seguir nessa nova fase. Segundo ela, a fantasia de unicórnio, que usou no reality, despertou um novo nível de coragem, desinibição e empoderamento de tentar coisas novas e se divertir.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


"Foi um momento de exposição, mas ao mesmo tempo de introspecção para mim, porque meu rosto não estava em nenhum momento em evidência. Com aquela fantasia pude me conectar com meu sonho de fazer música, que eu tenho o privilégio de viver dele hoje."


Durante a participação no reality, ela admite que as maiores dificuldades foram manter segredo sobre sua identidade e usar a máscara de unicórnio, que pesava bastante, limitava a visão e a performance no palco. "Foi muito difícil manter segredo, disfarçar nas entrevistas porque eu revelo no rosto. Eu me esforcei muito e não deu para enganar os meus fãs", disse rindo.


Cantora gospel consagrada e com indicação ao Grammy Latino de 2019 por Melhor Álbum de Música Cristã (Língua Portuguesa), ela lançou no dia 22 de outubro o primeiro álbum pop "Você aprendeu a amar?", com nove faixas disponíveis nas plataformas digitais - cinco inéditas e as quatro do EP "Tem Dias Expansão". A décima música, que dá nome ao álbum, será lançada em dezembro.

Continua depois da publicidade


Priscilla diz que neste novo projeto teve que encontrar seu próprio caminho para trilhar de forma coerente, mas sem abrir mão de suas convicções e crenças. Ela sempre questionou o porquê de uma artista cristã não poder falar sobre certos temas, cantar outros gêneros e ouvir outros tipos de música.


"'Você Aprendeu A Amar' é uma obra que se fez. Cada música surgiu como e quando quis. Foram muitas alterações, mudanças de rota ao longo do caminho até chegar aqui, nesse resultado final. E eu não poderia estar mais feliz!"


O novo trabalho traz as participações dos rappers Projota, na faixa "Meu sim é todo seu", e Emicida, com quem divide a composição da música que dá título ao álbum. "[Emicida] é uma das pessoas mais incríveis que conheci."


A produção do álbum é do cantor Lucas Silveira, do grupo Fresno. Priscilla conta que gravou todos os vocais das músicas em um estúdio improvisado no seu quarto devido a pandemia de Covid. Ela mandava os áudios para Silveira, que produzia as bases no estúdio dele.


"Acho que o público vai se divertir conhecendo mais esse meu lado como artista e compositora. Eu, pelo menos, estou me divertindo", garante Priscilla.


A cantora, que está há quase dois anos sem fazer shows, lamenta apenas lançar o trabalho desta nova etapa da carreira sem poder sentir a energia do público. Ela tem recebido o feedback pelas redes sociais, mas diz que não é a mesma coisa.


"Acho que a grande mágica acontece no ao vivo, sem essa experiência a gente fica experimentando uma parcela do resultado da diversão do que é produzir música. A grande magia acontece nos palcos, mas daqui a pouco a gente vai estar de volta e recupera", afirma Priscilla, que pretende voltar a fazer shows a partir de 2022.


Da roleta do 'Bom Dia & Cia' aos palcos


Com mais de 17 anos de carreira, Priscilla começou a se interessar pela música ainda criança na igreja evangélica que frequentava com a família. Aos seis anos, pediu aos pais para ser cantora e eles começaram a levar filha para participar de concursos musicais.


Quando tinha oito anos venceu o programa de talentos Código da F.A.M.A, exibido pelo SBT em parceria com a emissora mexicana Televisa. Ela participou da versão internacional, no México, garantindo a quarta colocação.


Em 2005, ela conseguiu um contrato com o SBT para apresentar o programa infantil Bom Dia & Cia. Na emissora, onde trabalhou por quase dez anos, conseguiu projeção nacional e apresentou outros programas, mas nunca deixou de lado a paixão pela música.


"A música me levou para a TV que foi um caso super inesperado, mas hoje eu vejo como faz sentido. Realmente eu amei fazer TV, eu ainda amo, eu descobri mais uma paixão, que foi o que me projetou nacionalmente."


Priscilla acredita que hoje tem muito mais portas na música devido a sua passagem pela televisão. "Com certeza cantar é minha paixão número um, mas obviamente tem mais espaços dentro de mim que eu divido com a televisão."

Continue lendo