Pesquisar

Canais

Serviços

- Micaela Orikasa/Grupo Folha
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Arraiás

Festas juninas: o colorido e a alegria estão de volta a Londrina

Micaela Orikasa - Grupo Folha
13 jun 2022 às 07:56
Continua depois da publicidade

Traje típico, barracas de comida, brincadeiras e quadrilha. O mês de junho sempre é muito aguardado pelas famílias por causa das festas juninas. Só que neste ano os festejos tiveram um gostinho a mais, com um clima de muita expectativa. Após dois anos suspensas, por conta da pandemia do coronavírus, as tradicionais festas promovidas pelas igrejas estão de volta, ainda mais coloridas e animadas. Neste fim de semana em Londrina o público marcou presença, superando as expectativas dos organizadores.  

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


“Estávamos com saudades de vivenciar esse clima. Nossa última festa junina foi em 2019 e neste ano percebemos um novo ânimo, uma euforia. Todos se envolveram e estão participando”, comenta o casal Marinho Correa e Melissa Fernanda B. Faria. Eles frequentam a Paróquia Santo Antônio de Pádua, na zona oeste, onde mais de duas mil pessoas aproveitaram as celebrações em homenagem ao padroeiro Santo Antônio.

Continua depois da publicidade


“É um momento de união, de festividade. As pessoas estavam sentindo falta porque essa comemoração é tradicional na nossa comunidade”, comentou o padre Antônio Carlos Golfetti. No salão comunitário foi realizado o tradicional bingo e as barracas de alimentos ocuparam os gramados da igreja. “Daremos continuidade aos festejos nesta segunda-feira (13), dia de Santo Antônio, a partir das 19h30, com uma celebração para a benção dos pães e a venda dos bolos com a medalhinha do nosso padroeiro”, disse.  


O padre lembrou que, apesar de carregar a fama de “santo casamenteiro”, Santo Antônio foi um grande milagreiro em vida e pregador do Evangelho. Ele também explicou que toda a renda arrecadada com o evento será revertida para a manutenção da igreja. “Queremos construir uma torre, onde as pessoas possam acender suas velas”, comentou.  


Junior Cesar de Carvalho, que sempre acompanhava os pais nas festas juninas da Igreja, aproveitou o fim de semana para levar a filha Elisa, de três anos. “Sempre gostei dessa festa. É tudo muito gostoso e também uma forma de evangelizar, de atrair as pessoas que não são da Igreja”, afirmou.  

Continua depois da publicidade


Leia mais na Folha de Londrina.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade