Pesquisar

Canais

Serviços

Participante do BBB diz que negros foram escravizados por serem “bons no que faziam” - Reprodução/Twitter
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
DESINFORMAÇÃO

Natália romantiza escravidão no BBB22, e web diz sentir falta de Lumena

Folhapress
19 jan 2022 às 11:35
Continua depois da publicidade

Natalia Deodato, 22, participante do grupo Pipoca do Big Brother Brasil 22 , tem sido criticada nas redes sociais por romantizar a escravidão dizendo, em uma conversa à mesa com outros brothers, que os negros foram escravizados no Brasil porque eram mais "eficientes e fortes".

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


"Eu sou preta, realmente tem a história que a gente veio como escravo. Por que? Porque a gente era forte. Por que a gente veio como escravo? Porque a gente era bom no que a gente fazia. Se colocasse uma outra pessoa para fazer aquilo [trabalho escravo], não conseguiria", afirmou Natália.

Continua depois da publicidade


Muitos internautas pediram para chamar a Lumena Aleluia (BBB 21) para ressignificar o que é racismo para Natália e criaram até memes com a foto da ex-BBB. "A essa altura, a Lumena já estaria ressignificando essa Natália ai lindamente", escreveu uma usuária do Twitter. "Que falta faz a Lumena para colocar a Natália no lugar dela", comenta outro usuário.


Até Lumena publicou no Instagram um vídeo engraçado batendo em uma porta para tentar falar com Natália e dizendo que não vai colocar o dedo na cara dela. "Eu tentando conversar com a Natália para ressignificar a informação que ela trouxe pois é falsa", escreveu Lumena. A ex-BBB ainda perguntou: "Será que o Boninho me autoriza voltar para ter uma conversa com a Natália?"


Outros internautas que compararam Natália com Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmares, ue diz que racismo é um termo inventado pela esquerda para promover a vitimização. "Natália vai sair do BBB direto para a Fundação Palmares para ser assessora direta do presidente da fundação", comentou um internauta.

Continua depois da publicidade


Um vereador de Porto Alegre Matheus Gomes (PSOL) comentou que Natália reproduziu o mito do escravismo. "A história prova o contrário: a escolha do colonizador foi econômica e ideológica (racista). Por isso, a fala dela me lembrou outra coisa: o trabalho e a imigração europeia para o Brasil no período final da escravidão."


Uma internauta disse que Natália falou fake news e reclamou que nenhum outro participante retrucou mostrando que ela está errada. "A Natália falar que preto foi escravizado porque fazia o trabalho melhor e não ter uma pessoa dentro dessa casa para dar um fecho nessa fake news dela. Tempos difíceis nesse BBB."


"Ontem na conversa sobre racismo do BBB só faltou Natália agradecer aos senhores de engenho por terem escravizado os negros", disse outro usuário do Twitter.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade