Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Sindicância interna

SBT investiga suposta relação sexual entre diretor e funcionário em camarim da emissora

Folhapress
29 mai 2024 às 09:10
- Reprodução/Instagram
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O departamento de compliance do SBT abriu sindicância interna para apurar um caso envolvendo dois funcionários que teriam sido flagrados fazendo sexo dentro de um camarim da emissora.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Veja vídeo:

Whoopi Goldberg reúne elenco de 'Mudança de Hábito' e revive clássicos da trilha sonora

Imagem de destaque
Direitos de 35 novelas

SBT tem textos originais de Janete Clair até 2043, mas opta por deixar tramas na gaveta

Imagem de destaque
Som Brasil

Vocalista do Raça Negra chora ao cantar com Neguinho da Beija-Flor em especial na Globo

Imagem de destaque
Quem será?

Sabrina Sato, Taís Araujo e Eliana disputam vaga de Ivete Sangalo no Masked Singer Brasil

Os envolvidos são um diretor de conteúdo infantojuvenil do canal e um funcionário subordinado a ele, que não teve o cargo revelado. A reportagem apurou que o subordinado foi demitido.

Publicidade


A dupla teria sido surpreendida durante o momento de intimidade por uma camareira, que os denunciou a superiores. O caso teria acontecido em horário de expediente.


Em nota enviada à imprensa, o SBT afirmou que está "averiguando a denúncia", sem entrar em detalhes.


"O SBT informa que seu departamento de compliance já está averiguando a denúncia a respeito de um suposto episódio ocorrido em um dos camarins da emissora. Contudo, não pode divulgar publicamente nenhuma investigação, uma vez que tem o compromisso de confidencialidade do processo, para preservar os seus colaboradores", afirmou uma porta-voz da emissora.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade