Pesquisar

Canais

Serviços

O brasileiro foi vaiado após ser substituído - Divulgação/UEFA
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Pelo Twitter

Após eliminação, esposa de Kaká dispara contra técnico

Redação Bonde e Agência Estado
10 mar 2010 às 20:59
Continua depois da publicidade

O cenário era perfeito nesta quarta-feira. O português Cristiano Ronaldo marcou logo aos seis minutos, no Santiago Bernabéu, e o Real Madrid parecia que garantiria com tranquilidade uma vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões. Mas, o Lyon estragou a festa. E, com um gol aos 30 minutos do segundo tempo, Pjanic garantiu o empate por 1 a 1, a classificação dos franceses e proporcionou a sexta eliminação seguida dos espanhóis nas oitavas de final da competição.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Três minutos após o gol, o brasileiro Kaká foi substituído pelo técnico chileno Manuel Pellegrini, e, logo em seguida, sua esposa, Caroline Celico, se revoltou e postou sua insatisfação no Twitter: "Técnico covarde sempre tira um jogador cobrado para tentar tirar o foco da própria incompetência", escreveu.

Continua depois da publicidade


Caroline Celico repetiu a frase do assessor do jogador, Diogo Kotscho.


JOGO
Depois de perder a partida de ida por 1 a 0, o Real Madrid chegou embalado para o confronto decisivo após assumir a liderança do Campeonato Espanhol no final de semana. Na terça, o técnico Manuel Pellegrini chegou a garantir que sua equipe se classificaria. Ímpeto que de fato se viu no início do jogo.


O Real Madrid já dominava amplamente a partida quando Guti deu bom lançamento para Cristiano Ronaldo aos seis minutos. O português avançou em velocidade pela esquerda, superou o zagueiro Cris, bateu cruzado e contou com a falha do goleiro Lloris para abrir o placar.

Continua depois da publicidade


Mas depois do gol, os espanhóis diminuíram o ritmo. A única boa chance veio aos 25 minutos, quando Higuaín recebeu lançamento e chutou na trave. O Lyon, por sua vez, ficou preso na marcação e pouco criou na primeira etapa.


O início do segundo tempo mostrou que o panorama mudaria. Logo aos cinco, Gonalons quase empatou de cabeça. Seis minutos depois, o argentino Lisandro Lopez bateu cruzado e obrigou Casillas a fazer boa defesa.


O Real Madrid até melhorou nos minutos seguintes. Mas não o suficiente para evitar o gol de empate. Aos 30, Pjanic tabelou com Lopez e bateu firme para empatar. Apagado, Kaká foi substituído por Raúl três minutos depois e mais uma vez deixou o campo vaiado.

Precisando de dois gols para garantir a classificação, os espanhóis se perderam de vez em campo. O Lyon criou boas chances para virar no final, mas acabou desperdiçando-as. O empate, no entanto, já garantia a primeira grande decepção do Real Madrid na temporada.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade