Pesquisar

Canais

Serviços

Contra Colômbia

Argentina se reabilita nas Eliminatórias

Agência Estado
06 jun 2009 às 14:18
Publicidade
Publicidade

Com um gol do zagueiro Daniel Diaz, aos 11 minutos do segundo tempo, a Argentina bateu a Colômbia por 1 a 0, neste sábado, no estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, e passou a somar 22 pontos nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2010, que será na África do Sul. O resultado serviu para reabilitar a equipe, que na última partida fora goleada por 6 a 1 pela Bolívia, em La Paz.

A vitória do time dirigido pelo ex-jogador Diego Maradona foi difícil, não tanto pelo adversário, que enfrenta uma fase ruim, mas principalmente por causa das péssimas condições do gramado do estádio Monumental, campo do River Plate.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Na última sexta-feira, Maradona já reclamara do gramado. "Não dá para Messi, Tévez e Agüero jogarem aqui", bradou. Rapidamente, antes da partida, apararam a grama, taparam os buracos e pintaram tudo de um verde bonito. Mas pouco adiantou. Nem o talentoso ataque argentino nem o restante do time jogaram bem contra a Colômbia.

Leia mais:

Imagem de destaque
Fim de era

Barcelona anuncia saída de Xavi e já tem favorito na mira

Imagem de destaque
Time misto e em casa

São Paulo vence o Águia de Marabá sem sustos e avança na Copa do Brasil

Imagem de destaque
Polêmica da vez

Abel Ferreira se declara ao Palmeiras, mas não diz se assinou pré-contrato com Al Sadd

Imagem de destaque
Reformulação no elenco

Corinthians 'fecha porta' para ídolos e estimula novas lideranças no elenco


O gol argentino saiu em uma jogada de bola parada. Após escanteio pelo lado esquerdo, cobrado por Veron, a bola passou por todos os defensores colombianos dentro da área. Na segunda trave, o zagueiro Daniel Díaz chutou com o pé direito no canto direito do goleiro Ospina.


Na próxima rodada, a 14.ª, que será toda disputada na próxima quarta, a Argentina enfrentará novamente o medo de jogar na altitude. Desta vez, um pouco menor que a de La Paz. Nos 2.800 metros de altura de Quito, os argentinos terão pela frente o Equador e sem o volante Javier Mascherano, que está suspenso.

A Colômbia, que estacionou nos 14 pontos e está três atrás do Uruguai - o quinto colocado -, joga a sobrevivência nas Eliminatórias contra o Peru, em Bogotá.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade