Pesquisar

Canais

Serviços

Pressão

Brasil promete sufocar Paraguai

Agência Estado
10 jun 2009 às 08:00
Jogadores treinam no estádio do Arruda: titulares ainda não foram divulgados - CBF
Publicidade
Publicidade

Vencer o Paraguai e praticamente carimbar o bilhete de entrada no Mundial da África do Sul. Nada mais interessa aos jogadores e à comissão técnica da seleção brasileira nesta quarta-feira, em Recife. Nenhum deles está muito preocupado com a festa dos mais de 55 mil torcedores que estarão no Estádio do Arruda, muito menos com o calor do povo pernambucano. O que vale mesmo no jogo contra os paraguaios é ficar perto da Copa.

A classificação do Brasil ficará bem encaminhada com uma vitória nesta quarta-feira, em jogo válido pela 14ª rodada das Eliminatórias da Copa de 2010. Vencendo, a seleção brasileira chegaria aos 27 pontos, na liderança isolada da competição - hoje, divide a ponta justamente com o Paraguai. Pontuação que, se for comparada ao torneio classificatório sul-americano para o Mundial de 2006, seria suficiente para garantir uma vaga.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A tarefa pode ser ainda mais facilitada no caso de o Equador, com 14 pontos em 7º lugar, e a Colômbia, 8ª colocada, também com 14 pontos, sofrerem derrotas para Argentina e Peru, respectivamente, nesta quarta-feira. Assim, as duas seleções chegariam no máximo aos 28 pontos. Já o Uruguai, quinto colocado com 17 pontos, visita a Venezuela, sexta com 16, num confronto direto que também ajuda o Brasil. É bom lembrar que o quinto colocado disputa a repescagem com o quarto classificado da Concacaf.

Leia mais:

Imagem de destaque
Fase de grupos

O que está em jogo para os brasileiros na última rodada da Libertadores

Imagem de destaque
Última rodada da fase de grupos

Na despedida de Paulinho, Corinthians tem 'decisão' pela Sul-Americana nesta terça-feira

Imagem de destaque
Entenda

Clubes discutem calendário de 2025 e articulam proposta à CBF

Imagem de destaque
Relações internacionais

Palmeiras investe R$ 30 mi anuais e vê base invadir 1ª prateleira europeia


Todas essas contas para levar a seleção brasileira ao Mundial da África do Sul foram resumidas pela comissão técnica com um simples aviso aos jogadores: o Brasil tem de vencer os paraguaios nesta quarta-feira. Por isso, o discurso do grupo nos últimos dias foi de vitória a qualquer preço. "Sabemos que vencendo o Paraguai vamos ficar pertinho da Copa, que é a nossa grande meta", disse o atacante Robinho. "O nosso objetivo é mesmo buscar a classificação para a África do Sul. Todos aqui querem muito ir para o Mundial. Vamos para cima do Paraguai", prometeu o volante Felipe Melo.


Pelas declarações de Robinho e Felipe Melo, fica claro qual será a disposição da seleção. A ordem geral é não dar trégua aos paraguaios. A expectativa do técnico Dunga é de encontrar um adversário fechado, marcando forte e especulando nos contra-ataques. "Eles vão jogar fechados. Nós temos de ter paciência", comentou Robinho, já revelando qual será a tática brasileira no Estádio do Arruda. "Tocar a bola, não cometer muitos erros de passe, até encontrar o espaço para fazer o gol."

Até a noite desta terça-feira, Dunga ainda não havia confirmado o substituto do atacante Luís Fabiano, que está suspenso. A dúvida está entre Alexandre Pato e Nilmar. E ele também manteve um certo mistério na lateral-direita. Maicon é o titular da posição, mas, como foi muito bem na goleada de sábado no Uruguai, Daniel Alves pode ser mantido no time nesta quarta. No mais, a escalação será a mesma que ganhou por 4 a 0 em Montevidéu.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade