Pesquisar

Canais

Serviços

Saiba mais

CBF oficializa Rodrigo Caetano como novo homem-forte das seleções

Igor Siqueira e Rodrigo Mattos - UOL/Folhapress
16 fev 2024 às 14:13
- João Viegas/Atlético
Publicidade
Publicidade

A CBF confirmou nesta sexta-feira (16) a contratação de Rodrigo Caetano como novo diretor de seleções.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Ele fica responsável tanto pela principal, quanto pelas categorias de base e trabalhará de forma bem próxima ao técnico Dorival Júnior.

Leia mais:

Imagem de destaque
Mercado da bola

Santos banca João Paulo e rejeita Rafael Cabral após tentativa em janeiro

Imagem de destaque
Tubarão

Volante Samuel Andrade chega para integrar o Londrina EC

Imagem de destaque
Entenda

Por que Daniel Alves está solto? Veja resposta para essa e outras perguntas sobre o caso

Imagem de destaque
Quarta fase

Dudu avança em recuperação e se aproxima de retorno no Palmeiras


Rodrigo Caetano teve uma reunião nesta sexta com o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, na qual a contratação se tornou oficial.

Publicidade


Caetano chega à CBF com a missão de contratar novos profissionais para a diretoria de seleções, sobretudo na reestruturação da base.


O dirigente repetirá na seleção principal a parceria com o técnico Dorival Júnior, que já aconteceu em alguns clubes, como o Flamengo.

Publicidade


Dorival já estava ciente da movimentação da CBF e gostou do nome.


A vinda de Rodrigo Caetano para a CBF deixa uma brecha na função de diretor de futebol do Atlético-MG, onde ele estava desde 2021.

Publicidade


O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, decidiu contratar um diretor de seleções após passar o ano acumulando a função, desde a saída de Juninho Paulista.


Ao delegar as tarefas para Rodrigo Caetano, Ednaldo dá oportunidade para que ele monte a equipe de trabalho, especialmente o novo coordenador da base e os técnicos das seleções.


Branco está de saída após a campanha ruim no Pré-Olímpico, assim como Ramon Menezes, que ficou à frente da sub-20 e sub-23 do Brasil.


Imagem
Flamengo terá que indenizar família de vítima do incêndio no Ninho
A Justiça do Rio decidiu que o Clube de Regatas do Flamengo terá que pagar indenização à família do goleiro
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade