Pesquisar

Canais

Serviços

Ricardo Chicarelli/LEC
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Londrina

Celsinho afirma que caso de racismo em partida não passará impune

Lucio Flávio Cruz/ Grupo Folha
29 jul 2021 às 17:59
Continua depois da publicidade

O meia Celsinho do Londrina se pronunciou pela primeira vez sobre os casos de racismo que sofreu durante os jogos contra o Goiás e o Remo pela série B do Campeonato Brasileiro. O jogador e o clube divulgaram um vídeo do atleta agradecendo as mensagens de apoio que recebeu nos últimos dias e prometendo que as medidas cabíveis estão sendo tomadas contra os autores das ofensas.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


No dia 17, durante o empate em 0 a 0 com o Goiás, um narrador e um repórter da rádio Bandeirantes de Goiânia usaram termos preconceituosos em referência ao cabelo do jogador, como "cabelo pesado", "bandeira de feijão" e "um negócio imundo".

Continua depois da publicidade


Já na vitória contra o Remo por 1 a 0, no dia 23, o narrador Cláudio Guimarães, da Rádio Clube do Pará, usou o termo "com o seu cabelo meio ninho de cupim". Todos os profissionais pediram desculpas e foram afastados das suas atividades pelas empresas.

Leia mais na Folha de Londrina.

Continua depois da publicidade


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo