Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução/ Instagram
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Desacordo

Cobrando novo contrato de Matheuzinho, Londrina EC aciona Flamengo na Justiça

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
26 abr 2022 às 16:41
Continua depois da publicidade

O Londrina acionou o Flamengo na Justiça para tentar solucionar um pendência que envolve o lateral Matheuzinho. O LEC cobra que o clube carioca publique no BID da CBF o contrato de renovação do atleta. O Alviceleste ainda detém 50% dos direitos econômicos do jogador.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


O Londrina acusa o Flamengo de omissão e possível fraude na renovação do vínculo do jogador. Em novembro de 2020, o Flamengo anunciou a renovação de contrato do lateral até outubro de 2025, com multa estipulada de 70 milhões de euros - R$ 370 milhões na cotação atual. A informação foi publicada inicialmente pelo colunista Ancelmo Gois, do jornal "O Globo".

Continua depois da publicidade

"Demos entrada neste processo porque até hoje o Flamengo não apresentou o novo contrato, que eles mesmo anunciaram. Até hoje não entrou no BID da CBF e o contrato atual do jogador com o Flamengo vence no final do ano. Ele é um ativo do Londrina e temos que cuidar do nosso ativo", afirmou o gestor Sérgio Malucelli, em entrevista a rádio Paiquerê 91,7.


Matheuzinho foi vendido ao Flamengo em 2019 e o clube carioca pagou R$ 1,2 milhão por 50% dos direitos econômicos do atleta. O rubro-negro alegra que teria comprado mais 30% dos direitos do atleta, o que é negado pelo Londrina. "Nós tínhamos acertado uma negociação com o Flamengo, que se estendeu e não foi concluída até agora. Por isso, estamos exigindo a publicação do novo contrato. Continuamos com 50% dos direitos dele", garantiu Malucelli. A Justiça ainda não se manifestou sobre o caso.


Continue lendo na Folha de Londrina.

Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade