Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação/VipComm
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
"Chocolate"

Com três de Washington, São Paulo goleia o Mirassol

Agência Estado
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Com três gols de Washington, o São Paulo se recuperou da derrota para o Mogi Mirim no final de semana e goleou o Mirassol por 5 a 0, na noite desta quinta-feira, no Morumbi, pela 13ª rodada do Campeonato Paulista.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Com a vitória, o time da capital retornou ao G-4 da tabela, com 26 pontos, na terceira posição. A equipe chegou a ficar na quinta colocação com os resultados da quarta-feira. O Mirassol é o 13.º colocado, com 14.

Continua depois da publicidade


O São Paulo entrou em campo com o que o técnico Muricy Ramalho tinha de melhor, após encerrar o rodízio no time. Caso fosse derrotado, o São Paulo terminaria a rodada fora da zona de classificação para as semifinais. Assim, Jorge Wagner entrou no meio-campo e Júnior César ocupou a lateral-esquerda.


Apesar de contar com força total, o São Paulo demorou para engrenar em campo. Os anfitriões dominaram o jogo desde o início, mas mostravam pouca velocidade e criatividade nas jogadas ofensivas em razão dos seguidos erros de passe no meio-campo.


Muricy ainda teve que gastar uma substituição logo no início. O zagueiro André Dias sentiu dores e foi substituído por Rodrigo aos 15 minutos de jogo. Essas limitações, no entanto, não ameaçavam o São Paulo, já que o Mirassol, que estreou o técnico Pintado, praticamente não levou perigo aos donos da casa.

Continua depois da publicidade


Na melhor chance dos visitantes, Anderson Paim recebeu lançamento pela esquerda, aos 21, e só não surpreendeu Rogério Ceni porque Renato Silva travou a finalização e facilitou a defesa do goleiro.


No restante da etapa só deu São Paulo. Aos 29, Jorge Wagner levantou na área, em jogada decisiva na última partida do time na Libertadores. O goleiro Mauro saiu mal mas Borges não soube aproveitar o rebote ao pegar na "orelha" da bola.


Aos 36, foi a vez de Borges servir. Da entrada da área, o atacante rolou para Washington, que escorregou, mas ainda conseguiu bater rasteiro com perigo à direita do goleiro.


O placar foi inaugurado dois minutos depois. O garçom Jorge Wagner deu bela enfiada pela esquerda para Borges, melhor jogador do time na etapa, que bateu na saída de Mauro e deixou os donos da casa na frente. Foi o quarto gol do atacante no Paulistão.


Antes do final do primeiro tempo, Júnior César avançou pela esquerda e bateu forte. O goleiro Mauro bateu roupa e, no rebote, Washington se esticou para mandar para as redes com o bico da chuteira, aos 43 minutos.


Com a vantagem no placar, o São Paulo apresentou menos erros e jogou com mais facilidade no segundo tempo. Logo no início da etapa, Washington quase ampliou de cabeça, ao raspar na bola, que seguiu pela linha de fundo.


Aos 8 minutos, os donos da casa ganharam mais espaço para jogar com a expulsão de Deleu, do Mirassol. Com um a mais em campo, o São Paulo chegava no ataque com toques rápidos. Aos 10, Washington ajeitou com o peito para Hernanes encher o pé dentro da área. Mauro fez boa defesa e cedeu o escanteio. Na sequência, César, de bicicleta, evitou o terceiro gol ao afastar a bola em cima da linha.


A zaga do Mirassol, porém, não mostrou a mesma eficiência na jogada seguinte.


Sem marcação, Jorge Wagner nem precisou pular para acertar a cabeça e mandar a bola para o fundo das redes em cruzamento da direita, de Hernanes, aos 14.


A superioridade do São Paulo era incontestável. Na segunda metade do tempo, os donos da casa diminuíram o ritmo e passaram a administrar o resultado, que deixava novamente a equipe entre os semifinalistas da competição.


O placar construído e a recuperação na tabela não evitaram o quarto gol do São Paulo. Aos 28, Hernanes bateu escanteio, Zé Luís desviou de cabeça na área e a bola sobrou para Washington completar rasteiro para o gol: 4 a 0.


A goleada foi encerrada com mais um gol de Washington, que marcou o seu oitavo tento na competição. Aos 35, Júnior César deu belo drible pela esquerda e levantou na área para o atacante dominar no peito e finalizar com tranquilidade na pequena área.

Na próxima rodada, o São Paulo enfrentará o Marília, em casa, às 18h10 do domingo, enquanto o Mirassol vai receber o Paulista, na terça-feira, às 19h30.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade