Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Libertadores

Conmebol muda Sport x Palmeiras para quarta-feira

Agência Estado
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

A Conmebol adiou para a próxima quarta-feira, dia 13, o jogo de volta entre Sport e Palmeiras, pelas oitavas-de-final da Libertadores, que estava marcado para o dia anterior. O horário do jogo também mudou: seria às 20h15, e foi modificado para as 22 horas, justamente o horário adotado para transmissão ao vivo pela TV Globo.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A mudança ocorreu por causa da indefinição do local da partida entre Chivas e São Paulo, que foi adiada por causa da epidemia de gripe suína que assola o México, e que vem causando dificuldades na definição do local da partida.

Continua depois da publicidade



A entidade que rege o futebol sul-americano não se manifestou oficialmente, mas é possível que o jogo, que deveria ter ocorrido na última quarta-feira e estava informalmente marcado para o dia 13, possa ser adiado novamente, até que haja um acordo quanto ao local da partida. Mesmo a mudança de data do jogo entre Sport e Palmeiras foi informada de forma discreta, apenas por meio de uma modificação na página que contém a tabela do torneio, dentro do site da Conmebol.



Sport e Palmeiras já foram comunicados da mudança, que deve complicar a vida dos torcedores. O clube pernambucano montou uma promoção especial para sócios, que poderão adquirir as entradas por R$ 30, valor da meia-entrada para os demais torcedores. Do lado dos visitantes, já havia a movimentação da diretoria quanto à logística da viagem, além de fãs que já haviam adquirido ingressos e pacotes de viagem para Pernambuco, e que agora precisarão rever a agenda.


A alteração tão em cima da hora é vedada pelo Estatuto do Torcedor, que exige uma antecedência mínima de cinco dias para alteração nas datas dos jogos. Embora a Libertadores seja uma competição internacional, que teoricamente não precisaria obedecer a uma lei nacional, os torcedores que se sentirem prejudicados poderão recorrer ao Procon.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade