Pesquisar

Canais

Serviços

Muito por fazer!

Copa chega ao fim em Fortaleza com obras atrasadas

LANCEPRESS
27 jun 2013 às 14:10
Publicidade
Publicidade

A Copa das Confederações chega ao fim nesta quinta-feira, na sede Fortaleza, com muito por fazer ainda com relação às obras de mobilidade urbana, no entorno da Arena Castelão. Em frente ao estádio, a maior das obras foi paralisada durante a competição, um viaduto que ligará as avenidas Alberto Craveiro e Juscelino Kubitschek, passando por cima da junção da Deputado Paulino Rocha com a Dedé Brasil. As quatro largas avenidas, interligadas por uma rotatória, são as principais vias de acesso ao Castelão e costumam travar em dias de jogos mais disputados, como Brasil 2x0 México, no último dia 19 de junho.

Placas com a frase "Aqui tem uma obra show de bola." contornam o canteiro da obra, que só deve ser concluída no fim deste ano, a seis meses do início da Copa do Mundo.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Os problemas, no entanto, não estão só no entorno das arenas utilizadas na Copa das Confederações. Como a coluna "De Prima" do LANCE!Net informou, a Fifa reprovou os seis estádios-sede da competição. A avaliação é tão negativa que membros do staff dizem que haverá 12 estádios novos em 2014, e não apenas seis.

Leia mais:

Endrick e Estevão Palmeiras
Joias do Palmeiras

Endrick e Estêvão são exemplos de movimento sem volta

Imagem de destaque
Crise

Flamengo sofre com desfalques enquanto Tite busca melhor forma para o time

Imagem de destaque
Após lesão

Santos volta de BH preocupado com João Paulo e em clima de vingança

Imagem de destaque
Em negociação

Santos alinha renovação de contrato com lateral JP Chermont

Para o jogo Espanha x Itália, às 16h desta quinta-feira, foram comercializados os 53.077 ingressos colocados à venda. O vencedor será o adversário do Brasil na final, marcada para o próximo domingo, no Maracanã.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade