Pesquisar

Canais

Serviços

Bruno Teixeira/Agência Corinthians
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Base

Corinthians informa jogadores do sub-23 que contratos não serão renovados

Yago Rudá - Folhapress
01 nov 2021 às 08:54
Continua depois da publicidade

A diretoria do Corinthians ainda não bateu o martelo sobre o futuro da categoria sub-23, mas a tendência é de que a estrutura seja extinta na próxima temporada. Nas últimas semanas, o clube informou os atletas com contratos válidos até dezembro deste ano que os vínculos não serão renovados. Aqueles que possuem acordos mais longos devem ser emprestados a outros clubes na próxima temporada.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Desde a eliminação no Brasileiro de Aspirantes, na última quinzena de setembro, o time sub-23 do Corinthians cumpre uma rotina semanal de treinamentos, mas não participa de jogos e também não está sendo aproveitado pelo técnico Sylvinho. Neste contexto, a diretoria deve encerrar o funcionamento da categoria e alocar o investimento anual de aproximadamente R$ 5 milhões em outros projetos do clube.


Recentemente, os 12 jogadores com contratos se encerrando ao fim de dezembro foram informados que não seguirão no clube em 2022. Os outros nomes do elenco, com contratos mais longos, serão avaliados em outro momento pela comissão técnica. Internamente, o Corinthians aguarda o encerramento do Brasileiro deste ano para estudar a formação do elenco do ano que vem.


A tendência, no entanto, é de que esses jogadores sejam emprestados a outros clubes, assim como aconteceu com o atacante Rafael Bilu, cedido ao Juventude até o fim desta temporada. O atacante foi um dos destaques do time de aspirantes, mas não chegou a ser aproveitado no time principal do Corinthians nas últimas temporadas.

Continua depois da publicidade


A baixa oferta de jogadores para o CT Joaquim Grava, inclusive, é apontada como o principal problema da categoria. Do atual elenco comandado por Sylvinho, apenas os volantes Roni e Du Queiroz saíram do sub-23 e pararam no profissional. Outros nomes passaram por lá, mas em situações opostas, sendo utilizados no time de aspirantes para ganhar ritmo de jogo.

Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo