Pesquisar

Canais

Serviços

Campeonato Brasileiro

Dorival promete São Paulo focado e sem entregar para rivais em reta final

- Rubens Chiri/saopaulofc.net
UOL/Folhapress
30 nov 2023 às 13:00
Publicidade
Publicidade

O técnico Dorival Jr afirmou que o São Paulo está focado nas rodadas finais do Brasileirão e não irá entregar para os adversários que enfrenta, mesmo que isso ajude o rival Palmeiras.


Publicidade
Publicidade

Dorival disse que o São Paulo vai ter a "mesma motivação de sempre" para as rodadas finais. O Tricolor tem pela frente Atlético-MG e Flamengo.

Leia mais:

Imagem de destaque
Defende o título

Corinthians vence Ferroviária e buscará tri da Supercopa Feminina

Imagem de destaque
Líder da Guanabara

Pedro brilha, Flamengo vence com festa em Aracaju e assume ponta do Carioca

Imagem de destaque
Veja vídeo

Cristiano Ronaldo estreia nova comemoração em primeiro gol no ano

Imagem de destaque
Paulistão

Palmeiras poupa de olho no dérbi, e supera apagão e São Bernardo com Flaco


O técnico afirmou que o Tricolor "não vai se dar por satisfeito" com os 50 pontos atingidos. A pontuação já é suficiente para acabar com qualquer chance de rebaixamento.

Publicidade


"A motivação é a mesma de sempre. Buscando o melhor resultado possível. Respeitando muito Atlético-MG e Flamengo, nossos dois adversários. O trabalho segue. É uma sequência natural, normal. E nós não podemos nos dar por satisfeitos em momento nenhum. Ao contrário, temos que continuar acreditando, trabalhando, intensificando e melhorando o rendimento do grupo", disse Dorival Jr.


OS CONFRONTOS


O time de Dorival Jr tem dois adversários que brigam pelo título com o rival Palmeiras nas próximas rodadas. O Tricolor visita o Atlético-MG neste sábado (2) e recebe o Flamengo na rodada final.

Galo e Flamengo têm 63 pontos e estão três atrás do líder Palmeiras. O Botafogo também tem 63.


Imagem
O que Tite e Felipão falaram sobre abraço que quebrou climão de 13 anos
Tite e Felipão roubaram a cena antes do início do jogo entre Flamengo e Atlético-MG com um abraço que quebrou um climão de 13 anos. Após a partida, os técnicos falaram sobre o momento.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade