Pesquisar

Canais

Serviços

Operação Jules Rimet

Fifa quer saber se ingressos apreendidos com cambistas são autênticos

Agência Brasil
04 jul 2014 às 11:42
Publicidade
Publicidade

A Federação Internacional de Futebol (Fifa) publicou em seu site que a entidade está apoiando as investigações das autoridades brasileiras em relação à Operação Jules Rimet, desencadeada contra a venda ilegal de ingressos para a Copa do Mundo. A Fifa informou que especialistas em impressão vão analisar nesta sexta-feira (4), os ingressos apreendidos para confirmar a autenticidade e ajudar as autoridades a identificar os responsáveis pela distribuição.

A entidade diz ter uma posição firme contra qualquer forma de violação dos regulamentos, e está muito satisfeita com a grande colaboração da Polícia Civil do Rio em seus esforços para reprimir a ação de cambistas. Além disso, a Fifa quer confirmar que o argelino naturalizado francês Mohamadou Lamine Fofana nunca foi credenciado para a Copa do Mundo da Fifa, e não teve acesso a nenhum carro oficial da federação.

Cadastre-se em nossa newsletter

De acordo com a Polícia Civil, a Operação Jules Rimet desarticulou uma quadrilha formada por 11 cambistas que atuava há quatro mundiais, e tinha estimativa de lucrar R$ 200 milhões no Brasil.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade