Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Será?

Fim da era Crefisa? Leila já admite perder patrocínio máster no Palmeiras

Flavio Latif - UOL/Folhapress
27 abr 2024 às 18:00
- Globo
Publicidade
Publicidade

Leila Pereira, presidente da Crefisa e da Faculdade das Américas, já admite a pessoas próximas que não será patrocinadora máster do Palmeiras na próxima temporada.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Revitalização da região

Rio de Janeiro desapropria imóvel para construir estádio do Flamengo

Imagem de destaque
Show no Rock in Rio Lisboa

Camila Cabello confunde expressão de Cristiano Ronaldo com vaias

Imagem de destaque
Brasil

Vini Jr gosta de jogo grande e tem Copa América para virar chave na seleção

Imagem de destaque
Balanço

Para Abel, Palmeiras melhorou sem Endrick e cia., mas Dudu terá de remar

A mandatária do Palmeiras sabe que não conseguirá competir com as cifras praticadas com a entrada das casas de apostas no futebol brasileiro. O atual contrato de Crefisa e FAM rende R$ 81 milhões fixos por temporada ao Palmeiras, podendo chegar a R$ 120 milhões pelas metas atingidas por conquistas de títulos.

Publicidade


Acordo com a Crefisa e FAM, quando assinado, era o melhor acordo de patrocínio do futebol brasileiro, mas ficou defasado com a entrada das "bets" no mercado. O Corinthians anunciou neste ano um acordo de R$ 120 milhões por temporada com a Vai de Bet, e o Flamengo fechou com a Pixbet por R$ 85 milhões.


Além disso, o acordo firmado em 2019 deu exclusividade às empresas de Leila Pereira na camisa do Alviverde - enquanto os rivais podem negociar outros espaços na camisa com outras marcas para deixá-la ainda mais valiosa.

Publicidade


Leila irá resolver o assunto até o começo do segundo semestre de 2024. O Palmeiras terá uma concorrência pelo patrocínio máster da camisa, como foi com o uniforme. O clube irá avaliar os valores e as propostas que irá receber, e a melhor oferta será escolhida. O contrato com a Crefisa e a FAM se encerra em dezembro, quando haverá eleição no clube.


O Palmeiras ainda não recebeu nenhuma proposta oficial, mas a Esportes da Sorte e a Pixbet já demostraram interesse pelo patrocínio máster. A Esportes da Sorte fechou com o Palmeiras o patrocínio máster do time feminino por R$ 18,5 milhões por ano. A empresa também que fazer parte do masculino.

Publicidade


Leila teve exclusividade nos uniformes do Palmeiras nos últimos anos, mas isso não significa que ela fará o mesmo com o novo patrocinador máster do clube.


O Flamengo, por exemplo, fechou com diversos patrocinadores para sua camisa em 2024 e o valor dela já superou os R$ 220 milhões. O Rubro-negro vendeu o espaço das costas (Mercado Livre), meião (Zé Delivery), manga (Kwai), barra traseira (Assist card), short (ABC), número (Tim), omoplata (BRB) - além do máster (Pixbet) e fornecedor de material (Adidas).


A Crefisa e a FAM podem aparecer em lugares de menor destaque no uniforme, atualmente elas são as únicas marcas presentes no uniforme do Palmeiras e todas elas por um único valor.


Imagem
Palmeiras quer vender emprestados de luxo, mas nenhum tem situação definida
O Palmeiras quer negociar os três "jogadores de luxo" que estão emprestados em outros clubes, mas até o momento não encaminhou a situação de nenhum deles.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade