Pesquisar

Canais

Serviços

Na Itália

Gattuso é confirmado como novo técnico do Palermo

Agência Estado
19 jun 2013 às 13:56
Publicidade
Publicidade

Campeão mundial com a Itália em 2006 como jogador, Gennaro Gattuso foi oficialmente confirmado, nesta quarta-feira, como novo técnico do Palermo, clube que irá dirigir na Série B do Campeonato Italiano na próxima temporada do futebol europeu.

O clube siciliano anunciou que firmou um acordo de um ano com o ex-volante, sendo que o contrato prevê a opção de renovação do compromisso por mais dois anos. Ele será oficialmente apresentado como novo treinador do Palermo nesta sexta.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Antes de assumir o novo desafio, Gattuso, de 35 anos, foi demitido do comando do Sion, da Suíça, no mês passado, depois de apenas 13 jogos à frente da equipe. No clube suíço, ele acumulava a função de treinador e jogador, depois de ter sido contratado em fevereiro.

Leia mais:

Imagem de destaque
São Paulo

Zubeldía volta ao MorumBIS com moral e tem problema por 1ª vitória em casa

Imagem de destaque
Entenda

Diferença do Palmeiras no Allianz e em Barueri é evidente

Imagem de destaque
Paralisação?

O que os clubes pensam sobre parar o Brasileiro diante do caos no Rio Grande do Sul

Imagem de destaque
Tragédia

CBF marca para 27 de maio reunião sobre paralisação do Campeonato Brasileiro


Quando foi demitido do cargo de técnico, no mês passado, Gattuso teve a sua continuidade no Sion como jogador do clube confirmada, até porque ainda tinha um ano de contrato a cumprir. Entretanto, com a confirmação de sua contratação por parte do Palermo, ele parece, enfim, ter encerrado a sua carreira como atleta para assumir de vez a sua trajetória como treinador.

Publicidade


"Gattuso começa agora uma nova aventura, que vai do campo para o banco", destacou o clube italiano, ao oficializar a contratação do seu novo técnico, que como jogador defendeu o Milan durante 13 temporadas.


No Palermo, Gattuso assumirá o lugar de Giuseppe Sannino, que deixa o cargo depois de ter amargado o rebaixamento para a segunda divisão do Campeonato Italiano na temporada passada do futebol europeu, na qual o clube teve três diferentes treinadores.

Presidente do Palermo, Zamparini é conhecido, por sinal, por promover uma grande quantidade de trocas de comando em suas gestões. Ao todo, foi responsável por 35 demissões e 43 contratações de técnicos em 25 anos de carreira como dirigente no futebol italiano.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade