Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
2025-2029

Globo, Record e SBT disputam jogos de TV aberta do Brasileirão vendidos pela Liga Forte União

Gabriel Vaquer - Folhapress
27 abr 2024 às 12:54
- Jeshoots.com/Pexels
Publicidade
Publicidade

Globo, Record e SBT mostraram interesse e estão negociando o pacote de TV aberta da Liga Forte União para o Campeonato Brasileiro. O contrato, se fechado, é válido entre 2025 e 2029.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Atuação nos anos 80

Corinthians lamenta morte de ex-goleiro César

Imagem de destaque
Dona Celeste Arantes

Morre em Santos, mãe de Pelé, aos 101 anos

Imagem de destaque
Quase saiu

Dudu vê indiferença e apoio tímido em reencontro após novela no Palmeiras

Imagem de destaque

Saiba quais são as contratações mais caras do Palmeiras

O negócio é intermediado pela empresa Livemode, agência de marketing e produtora. O pacote de TV aberta é chamado de "plataformas gratuitas" pela Liga Forte União, e vale também para transmissões gratuitas pela internet.

Publicidade


Ao todo, são 38 jogos por ano, o que contabiliza 190 jogos por todo o tempo de acordo. Ou seja, o pacote contempla um jogo por rodada no Brasileirão. E isto é proposital.


Quem recebeu o projeto viu que o pacote tem como mote ser a transmissão que vai abrir a rodada da semana no Campeonato Brasileiro. A Liga Forte União quer transmissões nas quartas, às 19h30, e aos sábados, às 16h.

Publicidade


Como a ideia é vender o pacote com um jogo apenas, a transmissão seria para todo o Brasil, sem restrições de estado, como faz a Globo atualmente nas tardes de domingo. Vale lembrar que a Globo já tem acordo com o grupo Libra para a exibição de seus jogos.


No mercado, o entendimento é que este pacote da Liga Forte União é feito sob medida para outras TVs abertas, já que dificilmente a Globo vai exibir partidas neste horário por causa de sua programação. A ideia bate com o objetivo da LFU de não vender os direitos apenas para a Globo.

Publicidade


No entanto, caso o pacote seja adquirido pela maior emissora do país, a Liga Forte União aceita uma flexibilidade da ideia.


A Record e o SBT já mostraram interesse neste pacote, e preparam uma proposta. A Record tem boa relação com a Livemode por causa do contrato com o Campeonato Paulista, também negociado com a empresa.

Publicidade


Já o SBT já mostrou interesse em ter o Campeonato Brasileiro, e tinha tentado conversar com a Libra, mas o grupo de clubes já tinha negociações avançadas com a Globo, o que impediu uma concorrência.


A Liga Forte União, além do pacote de plataformas abertas, tem outros dois pacotes para plataformas pagas. Os donos dos direitos vão se revezar nas escolhas de jogos importantes do Brasileirão. Além disso, a LFU promete gerar todas as imagens e fazer pré e pós-jogos de suas transmissões, o que barateia o custo de produção.

Publicidade


a Liga Forte União reúne Internacional, Cruzeiro, Fluminense, Vasco, Athletico-PR, Atlético-GO Botafogo, Goiás, Fortaleza, América-MG, Cuiabá, Criciúma e Juventude, na Série A; além de Sport, Ceará, Avaí, Chapecoense, Coritiba, CRB, Vila Nova, Londrina, Tombense, Figueirense, CSA e Operário-PR em divisões inferiores.


Na última sexta (26), cinco times paulistas oficializaram a entrada na Liga Forte União. Mirassol, Ponte Preta, Ituano e Novorizontino estavam na Libra e decidiram mudar de liga. Além disso, o Botafogo-SP, que não estava em nenhuma das duas ligas, optou por acertar com a Liga Forte União e seguir os colegas paulistas. A informação foi antecipada pela Folha de S.Paulo no início de abril.


O único time que ainda não tem lado na briga pelos direitos de TV do Campeonato Brasileiro a partir de 2025 é o Corinthians, que ainda escolhe em que lado ficará.


Imagem
Reforma do Pacaembu cria atrito de concessionária com Museu do Futebol
O Museu do Futebol e a Allegra, responsável pela concessão do Pacaembu, travam uma briga de narrativas em decorrência das obras realizadas no estádio.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade