Pesquisar

Canais

Serviços

No primeiro tempo, Tubarão só ameaçou nas bolas paradas - Marco Feltrin
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Maldição do Café

Londrina sofre goleada em casa

Marco Feltrin - Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Ainda não foi neste domingo que o Londrina pôs fim à sina de não vencer em casa no Campeonato Paranaense. O Tubarão foi derrotado por 3 a 0 pelo Nacional de Rolândia, e caiu para a quinta posição no Estadual. Com mais esta derrota, o time soma apenas dois pontos em 12 disputados em casa, sofrendo com a "Maldição do Café".

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Os 2,3 mil "foliões" que foram ao estádio do Café no domingo de carnaval assistiram a um primeiro tempo de pouca técnica entre as duas equipes. As principais chances de gol foram dos visitantes. Em uma cobrança de falta, Diego tirou a bola de cima da linha evitando a abertura do placar. O Londrina não tinha iniciativa na partida,e aos 40 minutos veio o castigo. Bola levantada na área do Tubarão e Geandro, livre de marcação, não teve trabalho de empurrar para as redes.

Continua depois da publicidade


O time comandado por Mauro Madureira foi para os vestiário debaixo de vaias. Na volta do intervalo, a falta de eficiência na armação de jogadas do Londrina continuou de fora mesmo com a volta de Cassiano e Silvinho ao time titular. O time continuava sem armar jogadas e sofrendo com os contra-ataques do Nacional.


O Tubarão melhorou com a entrada de Marcos Cruz no lugar de Givanildo. Cassiano assustou em uma cobrança de falta e Junior quase marcou de cabeça em uma cobrança de escanteio.


Mas quando o Londrina parecia perto do gol de empate, veio o segundo balde de água fria. Novamente aos 40 minutos, Leandro invadiu a área pela direita e bateu cruzado, sem chances para Fernando. Revoltada, a torcida começou a deixar o estádio e nem viu o golpe fatal: em cobrança de escanteio, Paulinho desviou para o gol, marcando o terceiro do Nacional e decretando de vez o luto no carnaval do Tubarão.

Continua depois da publicidade


Após o resultado, dirigentes do Londrina fizeram uma reunião a portas fechadas para definir a permanência do técnico Mauro Madureira, que fica pelo menos até o jogo contra o Iraty, quarta-feira, na casa do adversário.


"Não fizemos uma boa partida e temos que admitir que fomos surpreendidos pelo esquema armado pelo adversário. Temos que trabalhar para melhorar agora. Mesmo com tudo isso, ainda estamos numa posição boa na tabela. Poderia estar pior", amenizou o treinador.


Perguntado pela reportagem do Bonde qual o setor da equipe lhe dava mais dor de cabeça, Madureira foi objetivo: "a armação. tenho poucas peças para trabalhar nesse setor, e vamos ter que nos virar com elas".


O Tubarão volta a campo na quarta-feira, contra o Iraty, às 15h no estádio Emílio Gomes. Já o Nacional, que deixou a zona de rebaixamento com a vitória, folga na quarta-feira para depois enfrentar uma sequência de três jogos em casa contra Rio Branco, Paraná e Iguaçu.

Confira a classificação do Paranaense 2009


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade