Pesquisar

Canais

Serviços

- Lucas Figueiredo/CBF
Nova chance

Lucas Veríssimo quer aproveitar chance após estreia acidentada pela seleção

09 set 2021 às 12:00
Continua depois da publicidade

Foram apenas seis minutos em campo. Lucas Veríssimo, 26, mal havia se ambientado quando agentes da Anvisa entraram no gramado da Neo Química Arena e interromperam o confronto com a Argentina, no último domingo (5), que terminou suspenso pela Conmebol.

Continua depois da publicidade


Continua depois da publicidade

Certamente, Veríssimo gostaria de ter feito sua estreia pela seleção brasileira em condições melhores. Contudo, ainda que o duelo com os argentinos tenha sido marcado pela confusão, há um sinal positivo para o zagueiro do Benfica (POR).


Na ausência de Marquinhos, que retornou ao Paris Saint-Germain (FRA) por estar com situação incerta em relação a sua suspensão, o defensor ex-Santos foi o escolhido de Tite para substituir o titular. Prova de que o treinador quer testá-lo de olho na sequência do trabalho.

Continua depois da publicidade


Nesta quinta-feira (9), na Arena Pernambuco, o Brasil recebe o Peru, pelas Eliminatórias, às 21h30. Globo e SporTV transmitem a partida.


Sem Thiago Silva, que não foi liberado pelo Chelsea (ING) para esta data Fifa, a suspensão de Marquinhos abriu o caminho para Lucas Veríssimo mostrar serviço e se colocar entre as opções para o setor.


Havia uma expectativa de que Miranda, convocado após o veto dos clubes da Premier League, iniciasse como titular contra a Argentina. Habituado a esse tipo de confronto, o defensor de 37 anos traria maior experiência à equipe.


Mas Miranda não era chamado para a seleção desde a Copa América de 2019, quando se sagrou campeão do torneio disputado no Brasil.


Assim como o são-paulino, o titular na zaga ao lado de Marquinhos também já tem idade avançada. Thiago Silva fará 37 no próximo dia 22 e disputará a Copa do Mundo no ano que vem com 38, caso integre a delegação brasileira. Porém, o desempenho físico e técnico recente do zagueiro no Chelsea não tem dado motivos de preocupação à comissão, que confia no atleta.


É justamente para ganhar a confiança de Tite e se colocar como uma opção segura que Lucas Veríssimo quer aproveitar a oportunidade que as emergências desta data Fifa trouxeram à equipe.


"Acredito que vinha jogando no Santos em alto nível há uns bons anos. Neste ano a gente conseguiu chegar na final da Libertadores e, é claro, não foi só ali que teve o acompanhamento, esse acompanhamento já devia ter há um bom tempo. Por ser Libertadores, competição de um nível maior, acredito que pode ter ajudado sim nessa chamada", disse o zagueiro no último dia 31, em entrevista coletiva após a apresentação à seleção.


Veríssimo foi finalista com o clube da Vila Belmiro na Copa Libertadores de 2020, cuja decisão se disputou em janeiro de 2021. Com gol de Breno Lopes, o Palmeiras venceu o Santos por 1 a 0 e ficou com o título continental.


No Benfica de Jorge Jesus, o ex-santista tem sido titular e somado boas atuações de acordo com a imprensa portuguesa. Na liga nacional, já marcou dois gols em três jogos.


A chance na seleção brasileira era algo que estava amadurecendo no presente de Lucas Veríssimo. Na última rodada das Eliminatórias antes da Copa América, ele foi convocado para os duelos contra Equador e Paraguai, mas se lesionou e acabou cortado da lista.


No torneio continental, em que o Brasil ficou com o vice-campeonato, não fez parte do grupo.


Agora, Veríssimo espera por um desfecho menos problemático do que, na prática, poderá ser de fato o seu primeiro jogo com a camisa da seleção brasileira.


"Eu tive uma primeira convocação, mas me lesionei. Estava muito feliz, compartilhei com meus familiares. Logo em seguida, meu pai contraiu Covid, nós quase o perdemos. Graças a Deus ele se recuperou, hoje está muito bem, totalmente feliz. Converso com ele todos os dias, ele está compartilhando essa felicidade comigo que é estar na seleção", disse o atleta, emocionado, durante o trote realizado por seus companheiros.


Além de Lucas Veríssimo e Militão, Tite tem à disposição para a defesa o experiente Miranda e Léo Ortiz, 25, zagueiro do Red Bull Bragantino.


O Brasil lidera as Eliminatórias com 21 pontos em sete partidas. Já o Peru ocupa apenas a sétima colocação, com 8 pontos.​


Ficha técnica


BRASIL

Weverton; Danilo, Lucas Veríssimo, Militão, Alex Sandro; Casemiro, Gerson, Lucas Paquetá, Everton Ribeiro; Gabigol, Neymar. T.: Tite


PERU

Gallese; Advíncula, Santamaría, Callens, Marcos López; Tapia, Yotún, Carrillo, Cueva, Édison Flores; Lapadula. T.: Ricardo Gareca


Estádio: Arena Pernambuco, em Recife (PE)

Horário: 21h30 (de Brasília) desta quinta-feira (9)

Juiz: Wilmar Roldán (COL)

VAR: Esteban Ostojich (URU)

Transmissão: Globo e Sportv

Continue lendo