Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Paciência!

Mano se irrita e faz cobranças em treino do Corinthians

Agência Estado
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

O técnico Mano Menezes, do Corinthians, perdeu a paciência nesta sexta-feira. Normalmente calmo, de fala mansa, ele estava visivelmente agitado durante o treino do clube, que se prepara para enfrentar o Guaratinguetá, no sábado, pela nona rodada do Campeonato Paulista.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O treinador gesticulou, gritou, balançou a cabeça reprovando vários lances, parou bastante o trabalho e distribuiu broncas. Sobrou para todo mundo. Ou quase: o atacante Ronaldo, que treinou separadamente, escapou.

Continua depois da publicidade


"Vamos lá, jogo sério", berrou Mano Menezes, na primeira parte do treino tático desta quinta-feira. "Sem firulas, sem firulas", pediu na sequência. Erros e mais gritos. A princípio, o treinador usou um time com goleiro e mais oito jogadores, sem os dois atacantes. Depois, só com formação ofensiva.


"Boquita, você nem sempre pode estar enfiado. Tem hora em que terá de sair para abrir espaço para o Jorge Henrique", cobrou o treinador, falando diretamente com o jovem meia, que treinou como titular ao lado de Douglas - Morais perdeu a vaga. Mas foi Douglas quem mais ouviu as broncas de Mano Menezes durante o treinamento.


Após um passe errado de Douglas, Mano Menezes parou o treino, pegou outra bola e exigiu a repetição do lance. Com a recomendação: "Passes rápidos, abrindo as jogadas". O jogador, então, voltou a falhar, batendo forte na bola, pela linha de fundo.

Continua depois da publicidade


Fabinho, improvisado na lateral-direita pela carência de outras opções - Alessandro e Diogo estão machucados, enquanto Túlio cumprirá suspensão - também recebia orientações do treinador a todo minuto.


Até na hora do elogio, o resultado não foi o esperado. Numa jogada, o volante Cristian saiu driblando e Mano Menezes se empolgou. "Isso, Isso, maravilha", afirmou o treinador. Mas o chute a gol, de cara para o goleiro, foi defendido - o atacante Souza ainda pegou o rebote e fez. Depois disso, o técnico resolveu encerrar a atividade.


Ver Mano Menezes bravo assim assustou muita gente no Corinthians, mas o capitão William garante ser normal a atitude do chefe. "Já conheço ele faz tempo e tudo é para produzirmos algo satisfatório, o que é mais complicado com muitas ausências", disse o zagueiro.

Além dos problemas para a lateral-direita, o time do Corinthians ainda não contará com o lateral-esquerdo André Santos, suspenso, e o zagueiro Chicão, machucado. Jean, também zagueiro, sente dores musculares e, no treino desta quinta-feira, deu lugar para Diego. O volante Bruno Octávio foi emprestado para o Figueirense.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade