Pesquisar

Canais

Serviços

No Cruzeiro

Marcelo Moreno prevê Brasileirão mais difícil após pausa

AGÊNCIA ESTADO
16 jul 2014 às 15:14
Publicidade
Publicidade

Atual campeão nacional, o Cruzeiro começou bem a defesa do seu título, tanto que liderou o Campeonato Brasileiro até a parada em razão da Copa do Mundo. O atacante Marcelo Moreno, porém, garante que o time mantém os pés no chão e não acredita que vai ter facilidades para ser bicampeão. Ele lembrou, inclusive, que os concorrentes se reforçaram nas últimas semanas, o que deve acirrar a disputa pelo título.

"Todos os times se reforçaram nessa parada da Copa do Mundo. Vai ser um campeonato bem mais disputado do que o anterior, com todo mundo querendo ganhar do Cruzeiro, o atual campeão brasileiro", afirmou Marcelo Moreno, que também viu o seu time se reforçar com o zagueiro Manoel e os atacantes Neilton e Marquinhos.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Com 19 pontos somados em nove rodadas, o Cruzeiro tem vantagem de três para o vice-líder Fluminense. Para seguir na frente, Moreno destaca a importância do seu time não tropeçar em casa. "Temos que estar bem concentrados, sabendo que as vitórias em casa são muito importantes, independente do adversário que venha jogar com a gente", disse.

Leia mais:

Imagem de destaque
Virou a chave

Raphael Veiga conta que tinha muito medo de bater pênaltis no Palmeiras

Imagem de destaque
Sul-Americana

Corinthians resgata jogadores após período livre, mas não encontra soluções

Imagem de destaque
Paulistão

Santos prioriza final, mas já projeta mercado da bola para o Brasileiro

Imagem de destaque
Vendido ao Lyon

São Paulo estuda acionar Botafogo na Fifa por subvalorização de Lucas Perri

Essa meta começa nesta quinta-feira, quando o Cruzeiro vai receber O Vitória, no Mineirão. E Moreno conta com o apoio do torcedor para fortalecer o time em campo. "O grupo sentia falta (da torcida). Conversamos muito na intertemporada e com certeza sentimos saudade da torcida, do campo. Estamos preparados e esperamos que nesta partida a China Azul possa nos apoiar como sempre faz", afirmou.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade