Pesquisar

Canais

Serviços

Marta, de 22 anos, iguala o feito da alemã Birgit Prinz, que também ganhou por três vezes o troféu - Divulgação/Uefa
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
3º ano seguido

Marta ganha novamente o prêmio de melhor do mundo

Agência Estado
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

A brasileira Marta foi novamente o grande destaque da festa de gala da Fifa nesta segunda-feira, em Zurique. A atacante foi eleita a melhor jogadora da temporada 2008 - é o terceiro ano consecutivo que a alagoana permanece no topo.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

"Queria agradecer a Deus, por estar novamente me proporcionando este momento de alegria", disse Marta. "Queria agradecer também minhas companheiras da seleção brasileira e os meus amigos. Sem eles eu não estaria aqui neste momento. Estou muito feliz, pois este prêmio qualquer atleta gostaria de receber."

Continua depois da publicidade


Marta, de 22 anos, estabelece assim uma soberania no futebol feminino. Pela quinta vez seguida na festa da Fifa, ela iguala o feito da alemã Birgit Prinz, que também ganhou por três vezes o troféu - 2003, 2004 e 2005. Prinz também esteve entre as candidatas de 2008.


Outra brasileira que esteve na disputa foi Cristiane, um dos destaques na campanha da seleção nos Jogos de Pequim (ficou com a medalha de prata, após derrota para os Estados Unidos). Também estiveram presentes na disputa a inglesa Kelly Smith e a alemã Nadine Angerer.


Com ares de "rainha" do futebol feminino, Marta terá um novo desafio pela frente. Ela deixou o Umea, da Suécia, para atuar no futebol dos Estados Unidos - jogará no Los Angeles Sol e receberá US$ 500 mil por ano. "Será um contrato de três temporadas. Passei um tempo ótimo no Umea [quatro anos] e estou triste por ir embora, mas feliz porque vou iniciar um novo projeto."

Continua depois da publicidade

A alagoana, no entanto, não estará sozinho no futebol norte-americano. Cristiane, que disputou o Paulistão pelo Corinthians, também surpreendeu nesta segunda-feira ao anunciar na festa da Fifa sua transferência para o Chicago Red Star. "Agora vamos para os Estados Unidos, que deve ter uma liga muito forte. Estarei com a Marta", brincou.


Veja mais vídeos sobre esportes

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade