30/03/20
32º/19ºLONDRINA
PUBLICIDADE
|
Machismo nos gramados

Mascote do Atlético-MG se desculpa após atitude machista com jogadora

A mascote do Atlético-MG foi a um treino do time feminino para se desculpar com a atleta Vitória Calhau, alvo de atitude considerada machista no último domingo (16). O clube divulgou nesta quinta-feira (20), por meio de suas redes sociais, um vídeo do encontro. Quatro dias antes, o funcionário que interpreta o "Galo Doido" havia girado a atleta no centro do gramado e, em seguida, esfregado as mãos antes de levá-las à boca durante as apresentações de Diego Tardelli como novo reforço do clube e do elenco feminino, pouco antes da bola rolar entre Atlético e Caldense.

Freepik
Freepik


O registro divulgado pelo Atlético do pedido de desculpas mostra a mascote entregando uma carta a cada uma das jogadores presentes na Vila Olímpica, uma das sedes sociais do clube. O documento foi lido em voz alta pela própria Vitória Calhau, que pareceu emocionada. "Comecei a escrever esta carta para vocês, atletas do Galo, mas percebi que é uma carta que precisa ser dirigida para toda a sociedade. Sempre representei a alegria e jamais tive a intenção de constranger alguém, mas os tempos mudaram. E ainda bem que mudaram", diz a carta.

"Peço desculpas, de coração, falo sobre reconhecer um erro, se arrepender e mudar. Não é da boca para fora, é porque realmente aprendi. Sei que aprendi de uma forma difícil, mas acredito que posso evoluir. E essa é uma grande oportunidade para que todos nós possamos melhorar e entender que o respeito está acima de tudo", acrescenta o documento. Vitória disse desculpar a mascote sobre episódio, mas fez um alerta para que casos parecidos não voltem a ocorrer.

"Eu aceito o pedido de desculpas. Só que, tanto aqui quanto em outros clubes, isso não pode acontecer, porque vivemos em um mundo muito machista", disse a jogadora. Junto com a gravação, o clube divulgou que o intérprete do "Galo Doido", que não aparece sem a roupa da mascote no vídeo, pediu desculpas diretamente à atleta após a gravação do encontro. "O funcionário em questão foi advertido pelo clube e devidamente orientado", comunicou o Atlético.
UOL/FOLHAPRESS
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Conteúdo relacionado:
Próximo dia 2
Curso aborda influência do machismo no adoecimento de mulheres
Não caia nessa!
Machismo 'invisível': comportamentos socialmente aceitos são igualmente destrutivos
Neste sábado
Mulheres protestam em várias cidades contra machismo e homofobia
Continue lendo
Veja vídeo!
René Simões testa positivo para o novo coronavírus
29/03/2020 14:46
Saiba mais
Funcionário mais antigo do LEC tem pneumonia, diz clube
29/03/2020 12:24
Saiba mais
Administrador do VGD é internado com suspeita de coronavírus em Londrina
29/03/2020 12:06
Afastados
Flamengo concede férias a atletas entre dia 1º e 20 de abril por coronavirus
27/03/2020 17:31
Vida que segue
Palmeiras aproveita pausa para colocar gramado sintético no CT
27/03/2020 10:43
Veja mais e a capa do canal