Pesquisar

Canais

Serviços

Suspense

Milan diz que decisão sobre Kaká só sairá na segunda

Agência Estado
16 jun 2009 às 09:52
Publicidade
Publicidade

O futuro do brasileiro Kaká só será anunciado na segunda-feira, de acordo com o primeiro-ministro da Itália e dono do Milan, Silvio Berlusconi. Nesta quarta, o dirigente afirmou que ainda não há um parecer oficial sobre a transferência do jogador para o Real Madrid.

"Ainda não há decisão. Na segunda-feira eu encontrarei Kaká e vocês todos saberão", disse Berlusconi nesta quarta, em meio às especulações da venda do meia-atacante para o clube espanhol.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Na terça-feira, o pai de Kaká, Bosco Leite, reuniu-se com dirigentes do Milan e do Real Madrid e acertou as bases de um acordo com o clube merengue. A negociação, se confirmada, será a segunda maior da história do futebol - 65 milhões de euros (R$ 178 milhões).

Leia mais:

Imagem de destaque
Libertadores

Flamengo tem preocupações médicas e dois desfalques certos contra Bolívar

Imagem de destaque
Fase de grupos

Quais times brasileiros podem avançar às oitavas da Libertadores nesta rodada

Imagem de destaque
Palmeiras

Veiga foi da perfeição à decepção nos pênaltis; veja outros batedores

Imagem de destaque
Após Copa América

Sao Paulo já trabalha com saída de James, que não convenceu Zubeldía


O Chelsea, contudo, teria entrado na disputa pelo brasileiro. O clube inglês será comandado nesta temporada por Carlo Ancelotti, que treinou o Milan até o último domingo e trabalhou com Kaká durante toda a passagem do jogador pelo clube.

Publicidade


A resposta evasiva de Berlusconi sobre o caso pode ter uma explicação política. Ele teme que o anúncio da venda do maior ídolo do Milan possa prejudicar a votação de seu partido nas eleições de domingo para as câmaras de vereadores e também para o Parlamento Europeu.


Diante de tantas especulações sobre o futuro do craque, a torcida do Milan já se manifestou. Nesta quarta-feira, cerca de trinta torcedores protestaram diante da sede do clube. As manifestações lembraram as ocorridas em janeiro, quando o jogador esteve próximo de uma transferência para o Manchester City.

Enquanto os fãs protestam e Berlusconi evita comentar sobre o assunto, Kaká está com a seleção brasileira na Granja Comary, em Teresópolis. Ele está concentrado para as partidas contra Uruguai e Paraguai, pelas Eliminatórias, e ainda não deu entrevistas.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade